Avaliação do número de perfilhos em três genótipos do capim-elefante (Pennisetum purpureum Schum) para a produção de energia

Allana Ferreira Dias da Silva, André Luiz Muri Alves Marques, Antônio Alonso Cecon Novo, Rogério Figueiredo Daher

Resumo


A grande demanda energética das últimas décadas tem levadopesquisadores a buscar novas fontes alternativas de energia,entre elas, a biomassa. O capim-elefante, de origem africana,possui grande diversidade genética, tem baixo custo, nãonecessita de grande espaço ou irrigação para se desenvolver,possui rápido crescimento e produtividade em um curto espaçode tempo. O objetivo foi avaliar o número de perfilhos emtrês genótipos de capim-elefante (Cubano Pinda - G1, IACCampinas - G2 e Cameroon - G3). O experimento foi conduzidono Setor de Bovinocultura do Instituto Federal Fluminensecampus Bom Jesus do Itabapoana, RJ. O experimento foiinstalado no delineamento em blocos casualizados (DBC) comtrês repetições. Conclui-se para a análise de variância quenão houve efeito significativo ao nível de 5% de probabilidadepara a característica avaliada. Diante dos resultados obtidos,os genótipos possuem potencial de perfilhamento e podem serusados para a produção de matéria seca.

Palavras-chave


Número de Perfilhos. Capim-elefante.Genótipos. Matéria seca.

Texto completo:

PDF