Outras geografias: notas para um debate epistemológico

Ivaldo Lima

Resumo


Toda vez que se propõe um debate epistemológico sobre a geografia, parece que as bases de um sólido edifício ameaça ruir, ou então, o que é pior, insinua-se uma discussão estratosférica sobre os fundamentos filosóficos da disciplina, seus postulados, seus paradigmas. E que, ao final desse debate, não restará coisa alguma interessante ou pragmática. Por isso, fazemos uma advertência, logo de saída: debater a(s) epistemologia(s) da geografia, é, acima de tudo, pensar criticamente os horizontes dessa disciplina. O que se está fazendo e por que se está fazendo esse ou aquele tipo de trabalho geográfico? Essa é uma questão crucial da epistemologia, que é uma reflexão sobre a cientificidade da ciência, ou seja, um retorno crítico ao conhecimento apresentado ao público - acadêmico ou geral - como sendo um conhecimento científico. Trata-se de uma investida nas razões de ser da própria ciência.

Texto completo:

PDF