2017

Memórias Fluminenses, vol. 3 - Estudos Agricolas

 

Autor: João José Carneiro da Silva

Sobre a Série Memórias Fluminenses: Esta série faz parte do Programa Centros de Memória do IFFluminense, e tem como objetivo a publicação de livros referenciais para a história e as identidades culturais no âmbito das regiões de atuação do Instituto Federal Fluminense. Optou-se pela manutenção da ortografia da época da primeira publicação, bem como transcrição ipsis litteris do conteúdo do livro original, a fim de garantir ao leitor acesso o mais próximo possível de uma transcrição fiel ao texto original.

Sobre o autor: João José Carneiro da Silva nasceu a 16 de outubro de 1839, na Fazenda de Quissamã, onde hoje funciona o Museu Casa de Quissamã, localizado em município homônimo que se notabiliza, na Região Norte Fluminense, por ressignificar cotidianamente um passado marcado pela monocultura da cana-de-açúcar, pela presença marcante do latifúndio e da escravidão. João José foi o caçula dos filhos homens do primeiro Visconde de Araruama, personagem marcante da elite fluminense durante o apogeu do Império do Brasil (1840-1889). Herdou do pai a tendência aos estudos e às especulações filosóficas e literárias, fato que o distinguia dos demais irmãos, todos vinculados ao uso pragmático da terra. No início de sua formação, adquiriu conhecimentos fora da escola regular, através de aulas particulares ministradas pelo vigário local; já adulto, estudou em São Paulo, na prestigiada Faculdade do Largo de São Francisco, onde obteve o título de Bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais e foi colega de turma de dois ex-presidentes da República: Prudente de Moraes, e Campos Salles. Em vida, destacou-se por uma personalidade independente e ousada. Recebeu o título nobiliárquico de Barão de Monte de Cedro por Decreto Imperial, em dezembro de 1881. Quatro anos antes, em 1877, assistiu à inauguração da Companhia Engenho Central de Quissamã, empreendimento pioneiro na América do Sul, cujo processo de implementação teve em João José o seu mais eloquente incentivador. O Barão faleceu em 1882, no Hotel de Santa Teresa, na cidade do Rio de Janeiro. Seu corpo foi sepultado no Cemitério do Catumbi.

Formato: 16x 23cm (com orelhas de 7 cm)

Número de páginas: 500.

ISBN: 978-85-99968-55-0

Gratuito

Ano de publicação: 2017

Sumário

Estudos Agricolas PDF
  500