Vulnerabilidade ambiental em curtumes artesanais: um estudo sobre o município de Cabaceiras/PB, Brasil

  • Ana Cecília Feitosa de Vasconcelos Universidade Federal do Rio Grande do Norte
  • Ana Alice Lima dos Santos Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte - Campus Nova Cruz
  • Luziana Maria Nunes de Queiroz Universidade Federal do Rio Grande do Norte
  • Sueli Aparecida Moreira Universidade Federal do Rio Grande do Norte
  • Eliza Maria Xavier Freire Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Palavras-chave: Couro, Uso de água, Turner, Resíduos, Qualidade de vida

Resumo

O curtume gera grande impacto ambiental, além de danos à saúde dos trabalhadores e incômodo aos moradores do entorno. Assim, tem-se por objetivo analisar a vulnerabilidade ambiental dos curtumes artesanais em Cabaceiras/PB. Este estudo é baseado no modelo de Turner et al. (2003) e pesquisa de campo. Após análise das três dimensões, constatou-se que a atividade tem grande impacto no entorno devido à falta de estrutura adequada, e as ações humanas são incipientes, sem conseguir reverter a degradação ocasionada pelos impactos gerados. Portanto, a atividade de curtimento de couro apresentou-se com uma análise negativa quanto à vulnerabilidade ambiental no município estudado.    

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Cecília Feitosa de Vasconcelos, Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Doutoranda em Desenvolvimento e Meio Ambiente (UFRN). Professora da Universidade Federal de Campina Grande, Campina Grande/PB-Brasil.
Ana Alice Lima dos Santos, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte - Campus Nova Cruz
Mestra em Desenvolvimento e Meio Ambiente (UFRN). Auxiliar em Administração do Instituto federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte-Campus Nova Cruz, Nova Cruz/RN-Brasil.
Luziana Maria Nunes de Queiroz, Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Doutoranda em Desenvolvimento e Meio Ambiente (UFRN). Professora da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Caicó/RN-Brasil.
Sueli Aparecida Moreira, Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Doutora em Ecologia (USP). Professora da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal/RN-Brasil.
Eliza Maria Xavier Freire, Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Doutora em Ciências Biológicas (UFRJ). Professora da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal/RN-Brasil.

Referências

ARAÚJO, T. G. Dinâmica do processo produtivo coureiro e reflexos nos recursos hídricos-distrito da Ribeira, Cabaceiras, PB. 2011. Monografia (Especialização em Geodinâmica e Recursos Hídricos do Semiárido) – Universidade Estadual da Paraíba, Campina Grande, 2011.

BRAGA, T. M.; OLIVEIRA, E. L.; GIVISIEZ, G. H. N. Avaliação de metodologias de mensuração de risco e vulnerabilidade social a desastres naturais associados à mudança climática. São Paulo em Perspectiva, São Paulo: Fundação SEADE, v.20, n.1, p. 81-95, jan./mar. 2006. Disponível em: http://www.seade.gov.br. Acesso em: jun. 2015.

BUARQUE, S. C. Construindo o desenvolvimento local sustentável: metodologia de planejamento. Rio de Janeiro: Garamond, 2002.

O COURO e o Curtume Brasileiro. CICB, Centro de Indústrias de Curtumes do Brasil, 2015. Disponível em: http://www.cicb.org.br/?page_id=6369. Acesso em: 18 nov. 2015.

ENGELS, F. A origem da família, da propriedade Privada e do Estado. Rio de Janeiro: Editora Civilização Brasileira, 1984.

FERREIRA, J. P. Enciclopédia dos municípios brasileiros. Rio de Janeiro: IBGE, 1960. v. 17.

GANEM, R. S. Curtumes: aspectos ambientais. Brasília: Biblioteca Digital da Câmara dos Deputados, 2007. Disponível em: http://bd.camara.gov.br/bd/bitstream/handle/bdcamara/1281/curtumes_aspectos_senna.pdf?sequence=1. Acesso em: jun. 2015.

GUTTERRES, M. Desenvolvimento Sustentável em Curtumes. Tecnicouro, Novo Hamburgo, v. 25, n.9, p. 108-120, 2004.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Cidades@ - Cabaceiras. Disponível em: http://www.cidades.ibge.gov.br/xtras/perfil.php?lang=&codmun=250310&search=paraiba|cabaceiras|infograficos:-informacoes-completas. Acesso em: jun. 2015.

LIGER, I. Moda em 360°: design, matéria-prima e produção para o mercado global. São Paulo: SENAC, 2012.

MACÊDO, M. I. O processo de desertificação no cariri paraibano: estudo de caso do município de Cabaceiras, PB. 2006. Monografia (Graduação em Geografia) – Universidade Estadual da Paraíba, Campina Grande, 2006.

NIMER, E. Climatologia da região Nordeste do Brasil. Introdução à climatologia dinâmica. Revista Brasileira de Geografia, Rio de Janeiro, p. 3-51, 1972.

ONU-HABITAT. Evaluación de la vulnerabilidad ambiental. 2011. Disponível em: http://www.onuhabitat. Acesso em: jul. 2015.

PACHECO, J. W. F. Curtumes. São Paulo: CETESB, 2005.

RODRIGUES, M. T. A new species of Mabuya (Squamata: Scindidae) from the semi-arid Caatingas of northeastern Brazil. Papéis Avulsos de Zoologia, São Paulo, v. 41, n. 21, p. 313-328, 2000.

TURNER, B.L. et al. A framework for vulnerability analysis in sustainability Science. Proceedings of the National Academy of Sciences, v. 100, n. 14, p. 8074-8079, 2003.

TURNER, B. L. Vulnerability and resilience: Coalescing or paralleling approaches for sustainability Science? Global Environmental Change, 2010.

TAGLIANI, C. R. A. Técnica para avaliação da vulnerabilidade ambiental de ambientes costeiros utilizando um sistema geográfico de informações. Fatorgis In Box, ano 4, n.109, 2002.

VASCONCELOS, A. C. F.; CANDIDO, G. A. Índice de desenvolvimento sustentável municipal participativo: uma aplicação no município de Cabaceiras, PB. Capital Científico, v. 9, p. 83-97, 2012.

WILLIAMS, L. R.R.; KAPUTSKA, L. A. Ecosystem vulnerability: a complex interface with technical components. Environmental Toxicology and Chemistry, v. 19, 2000, p. 1055-1058, 2000.

Publicado
31-12-2018
Como Citar
VASCONCELOS, A. C. F. DE; SANTOS, A. A. L. DOS; QUEIROZ, L. M. N. DE; MOREIRA, S. A.; FREIRE, E. M. X. Vulnerabilidade ambiental em curtumes artesanais: um estudo sobre o município de Cabaceiras/PB, Brasil. Boletim do Observatório Ambiental Alberto Ribeiro Lamego, v. 12, n. 2, p. 260-274, 31 dez. 2018.
Seção
Artigos originais