Avaliação da Eficiência das Unidades de Tratamento Simplificado da Água na Região Serrana do Município de Macaé

Autores

  • Patricia Silva Toledo Carvalho Gouvea Instituto Federal Fluminense (IFF), Macaé/RJ
  • Maria Inês Paes Ferreira Instituto Federal Fluminense (IFF), Macaé/RJ

DOI:

https://doi.org/10.19180/2177-4560.v13n12019p43-67

Palavras-chave:

Poluição hídrica, Doenças de veiculação hídrica, Abastecimento de água

Resumo

Associada ao aumento da poluição dos corpos hídricos, a crescente demanda por água coloca em risco a saúde de seus usuários. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), 80% das doenças provêm de água contaminada. Na região serrana do município de Macaé, em 2002, houve ocorrência de doenças de veiculação hídrica (hepatite). Assim, neste trabalho são avaliadas as técnicas de tratamentos da água empregadas e a qualidade da água captada e distribuída para abastecimento público das regiões Bicuda Grande, Óleo e Frade, que possuem sistemas de tratamento simplificado, com vistas a propor alternativas que minimizem os riscos à saúde da população.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Patricia Silva Toledo Carvalho Gouvea, Instituto Federal Fluminense (IFF), Macaé/RJ

Mestranda em Engenharia Ambiental no Programa de Pós-Graduação em Engenharia Ambiental do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense Campus Macaé/RJ – Brasil.

Maria Inês Paes Ferreira, Instituto Federal Fluminense (IFF), Macaé/RJ

Doutorado em Ciência e Tecnologia de Polímeros pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e Pós-doutorado em Gestão Integrada dos Recursos Naturais pelo Instituto de Pesquisa da Reserva da Biosfera Mount Arrowsmith da Vancouver Island University. Docente no Programa de Pós-Graduação em Engenharia Ambiental do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense Campus Macaé/RJ – Brasil.

Downloads

Publicado

27-06-2019

Como Citar

GOUVEA, P. S. T. C.; PAES FERREIRA, M. I. Avaliação da Eficiência das Unidades de Tratamento Simplificado da Água na Região Serrana do Município de Macaé. Boletim do Observatório Ambiental Alberto Ribeiro Lamego, [S. l.], v. 13, n. 1, p. 43–67, 2019. DOI: 10.19180/2177-4560.v13n12019p43-67. Disponível em: https://essentiaeditora.iff.edu.br/index.php/boletim/article/view/11656. Acesso em: 9 fev. 2023.

Edição

Seção

Artigos originais