Impactos de obras costeiras na linha de costa: O Caso do Porto do Açu, Município de São João da Barra, RJ

  • Luca Lämmle Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) - Instituto de Geociências, Campinas/SP
  • Eduardo Manuel Rosa Bulhões Universidade Federal Fluminense (UFF) - Unidade de Estudos Costeiros, Niterói/RJ
Palavras-chave: Porto do Açu, Obras Portuárias, Linha de Costa, Progradação. Retrogradação

Resumo

Dentro da perspectiva dos estudos da dinâmica costeira, este trabalho visa contribuir para o conhecimento relacionado aos impactos oriundos da construção do Porto do Açu, localizado em São João da Barra/RJ. O objetivo é identificar e quantificar as alterações ocorridas na linha de costa do litoral que abrange a área de influência indireta do Porto, com ênfase na área de influência dos ambientes marinhos. A justificativa para a realização deste trabalho são as crescentes intervenções que vêm sendo feitas na área de estudo. A metodologia para alcançar os resultados foi análise de imagens de satélite, vetorização e a sobreposição da linha de costa para identificar alteração, além de calcular a área alterada com suporte de SIG. Dados de batimetria da plataforma continental interna adjacente à área de estudo foram extraídos através das cartas náuticas, a fim de realizar as simulações do comportamento das ondas para a área de estudo para dois cenários: sem e com as estruturas do Porto. Os resultados puderam revelar que na porção ao sul do empreendimento, ao longo de 7,5 km, houve uma progradação média da linha de costa de 14,13 metros entre os anos de 2010 e 2016, enquanto no intervalo de 2003 a 2010 a média de progradação foi de 33,21 metros. Já as simulações de ondas permitiram concluir que elas chegam à costa da localidade do Porto do Açu com características distintas quando comparadas com e sem as estruturas, características estas que se mantêm fora do desvio padrão quando comparadas ao comportamento das ondas em outros pontos de monitoramento analisados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luca Lämmle, Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) - Instituto de Geociências, Campinas/SP
Mestre em Geografia Física (UFF). Doutorando do Instituto de Geociências da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) – Campinas/SP – Brasil.
Eduardo Manuel Rosa Bulhões, Universidade Federal Fluminense (UFF) - Unidade de Estudos Costeiros, Niterói/RJ
Doutor em Geologia e Geofísica Marinha (UFF). Professor Adjunto do Departamento de Geografia da Universidade Federal Fluminense (UFF) – Niterói/RJ - Brasil.

Referências

ALFREDINI, Paolo; ARASAKI, Emilia. Obras e gestão de portos e costas: a técnica aliada ao enfoque logístico e ambiental. 2 ed. São Paulo: Blucher, 2009. 776 p.

BASTOS, A. C; SILVA, C.G. Caracterização Morfodinâmica do Litoral Norte Fluminense, Revista Brasileira de Oceanografia. Niterói, 48(1): 41-60, 2000.

BERNARDES, L. M. C. Planície litorânea e zona canavieira do Estado do Rio de Janeiro. Conselho Nacional de Geografia, Rio de Janeiro. 1957.

BULHÕES, E.M.R. Exposição de praias, clima de ondas e processos físicos em praias de enseada. Estudo de caso em Armação dos Búzios, Rio de Janeiro – RJ. Tese de Doutorado. Programa de Pós-graduação em Geologia e Geofísica Marinha, Universidade Federal Fluminense, 2011.

CAL, Consultoria Ambiental Ltda. Porto do Açu – RJ: RIMA - Relatório de Impacto ao Meio Ambiente. Volume Único. Agosto/2006.

CANCIAN, T. B. Evolução Recente e Predição Da Linha de Costa da Praia de Camburi, Vitória-E.S. Vitória, 2009.

CASSAR, C. M.; NEVES, C. F. 1993. Aplicação das rosas de transporte litorâneo à costa norte fluminense. RBE, 11:81-103.

DHI. Wave Modelling. Guia do usuário, v. 1, 2009, 324 p.

DIAS, G.T.M. O Complexo Deltaico do Rio Paraíba do Sul. In: Simpósio do Quaternário no Brasil. Publicação Especial. No.2 p.58-88, 1981.

DIAS, G.T.M., GORINI, M.A.A. Baixada Campista: Estudo Morfológico dos Ambientes Litorâneos. Anais do XXXI Congresso Brasileiro de Geologia. Camboriú. Vol. 1: 588-602, 1980.

GUERRA, A.T.; GUERRA, A.J.T. Novo dicionário geológico-geomorfológico. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1997. 648 p.

LLX (2011) Estudo de Impacto Ambiental - EIA. Infraestruturas do Distrito Industrial de São João da Barra. Ecologus, Agrar.

MAGINE, C. A Influência Da Estrutura Portuária Na Dinâmica Costeira na Vila do Pecém, Ceará, Brasil. Revista de Geologia, Vol. 24, nº 2, 136 - 149, 2011

MARTIN, L.; SUGUIO, K.; DOMINGUEZ, J.; FLEXOR, J.M.; AZEVEDO, A. 1984. Evolução da Planície Costeira do Rio Paraíba do Sul (RJ) Durante o Quaternário: Influência das Flutuações do Nível do Mar. Anais do XXXIII Congresso Brasileiro de Geologia. Rio de Janeiro.

MUEHE, D. Geomorfologia Costeira. In: GUERRA, A.J.T. & CUNHA, S.B. (eds), Geomorfologia: Uma atualização de bases e conceitos. Rio de Janeiro, Bertrand Brasil, 1994.

NORDSTROM, Karl F. Recuperação de praias e dunas. São Paulo: Oficina de textos, 2010. 263 p.

OLIVEIRA FILHO, S.R. Impactos Morfológicos Em Praias Oceânicas Associados À Ondas De Tempestade: Exemplo Do Litoral Centro-Norte Do Estado Do Rio De Janeiro. Tese de Doutorado. Programa de Pós-graduação em Geografia, Universidade Federal Fluminense, 2016.

OSX (2011) Relatório de Impacto Ambiental - RIMA. Unidade de Construção Naval do Açu. Consetoga Rovers Associados.

PARENTE, C. E. Uma nova técnica espectral para análise direcional de ondas. Tese (Doutorado em Física) – Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Março 1999.

PETROBRAS. Bacia de campos. Disponível em: <http://www.petrobras.com.br/pt/nossasatividades/principais-operacoes/bacias/bacia-de-campos.htm>. Acesso em: 05 jul. 2016.

PINHO, U. F. Caracterização dos Estados de Mar na Bacia de Campos. Dissertação de Mestrado. COPPE/UFRJ, Rio de Janeiro, 2003, 123 p.

PORTO DO AÇU. Acesso ao Porto. Disponívelem<http://www.portodoacu.com.br/SitePages/terminal-multicargas.aspx#acessoporto>. Acesso em: 05 jul. 2016.

ROSMAN, P. C. C. PENO-14653 Assessoria e Suporte Técnico p/ LLX. 2011.

SOUZA, T.A., BULHOES, E., AMORIM, I.B.S. (2016) Ondas de Tempestade na Costa Norte Fluminense. Quaternary and Environmental Geosciences, Vol. 6(2) p.10-17, 2015.

VIOLANTE-CARVALHO, N. Investigação Sobre a Evolução do Clima de Ondas na Bacia de Campos e a Correlação com as Situações Meteorológicas Associadas. Dissertação de Mestrado, Programa de Pós-Graduação de Engenharia, Universidade Federal do Rio de Janeiro, junho de 1998.

Publicado
27-06-2019
Como Citar
LÄMMLE, L.; BULHÕES, E. M. R. Impactos de obras costeiras na linha de costa: O Caso do Porto do Açu, Município de São João da Barra, RJ. Boletim do Observatório Ambiental Alberto Ribeiro Lamego, v. 13, n. 1, p. 131-152, 27 jun. 2019.
Seção
Artigos originais