Histórico e caracterização das lagoas do Açu, Salgada, Grussaí e Iquipari, São João da Barra/RJ

  • Verônica Ribeiro Ramos Instituto Federal Fluminense (IFF), Macaé/RJ
  • Thiago Moreira de Rezende Araújo Instituto Federal Fluminense (IFF), Campos dos Goytacazes/RJ
  • Manildo Marcião de Oliveira Instituto Federal Fluminense (IFF), Cabo Frio/RJ https://orcid.org/0000-0003-4245-7132
Palavras-chave: Recursos hídricos, Monitoramento ambiental, Impactos antropogênicos

Resumo

As lagoas costeiras são instrumentos na manutenção de condições climáticas e hidrológicas. Na região Norte Fluminense, elas possuem demasiada representatividade sendo atreladas ao desenvolvimento regional. Contudo, as alterações antrópicas vêm interferindo na qualidade desses ecossistemas. Este artigo objetiva uma revisão bibliográfica e consequente caracterização das lagoas do Açu, Salgada, Grussaí e Iquipari, localizadas em São João da Barra/RJ. Nesse sentido, percebeu-se que a urbanização no entorno da lagoa de Grussaí e a ausência de esgotamento sanitário prejudicam de forma demasiada o equilíbrio aquático. Em contrapartida, as unidades de conservação atuam como importantes instrumentos de preservação dos sistemas lagunares da região.  

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Verônica Ribeiro Ramos, Instituto Federal Fluminense (IFF), Macaé/RJ
Mestranda em Engenharia Ambiental pelo Instituto Federal Fluminense Campus Macaé – Macaé/RJ – Brasil.
Thiago Moreira de Rezende Araújo, Instituto Federal Fluminense (IFF), Campos dos Goytacazes/RJ
Doutor em Ciências Naturais pela Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF). Professor de Química do IFFluminense Campus Campos Centro – Campos dos Goytacazes/RJ – Brasil.
Manildo Marcião de Oliveira, Instituto Federal Fluminense (IFF), Cabo Frio/RJ
Doutor em Biologia (Biociências Nucleares) pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2009). Professor de Ensino Básico, Técnico e Tecnológico e coordenador do Laboratório de Ecotoxicologia e Microbiologia Ambiental (LEMAM) do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense Campus Cabo Frio/RJ – Brasil.

Referências

ALVES, M. V. Patrimônio cultural e políticas de cultura: o caso de São João da Barra/RJ. Campos dos Goytacazes, 2015. 102p. Dissertação (Mestrado em Políticas Sociais) - Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro, 2015.

BIDEGAIN, P. Contribuição para o Planejamento de Parque Estadual na Baixada dos Goitacazes. Disponível em: http://parquespark.blogspot.com.br/2011/03/contribuicao-para-o-planejamento-de.html. Acesso em: 3 jun. 2018.

CARDOSO MARINHO, C.; FONSECA, A. L. S.; ESTEVES, F. A. Impactos antrópicos nas lagoas costeiras do norte do estado do Rio de Janeiro: uma revisão sobre a eutrofização artificial e gases de efeito estufa. RBPG, Revista Brasileira de Pós-Graduação, v. 13, n. 32, 2016.

CARNEIRO, P. R. F. Dos pântanos à escassez: uso da água e conflito na Baixada dos Goytacazes. 138 p. Rio de Janeiro: Annablume, 2004.

CORRÊA; B. S. et al. Monitoramento de parâmetros físico-químicos e microbiológicos em quatro lagoas do município de São João da Barra, RJ. Boletim do Observatório Ambiental Alberto Ribeiro Lamego, v. 7 n. 1, p. 69-78, jan./jun. 2013.

DOMINGUEZ, J. M.; BITTENCOURT, A. C.; MARTIN, L. O papel da deriva litorânea de sedimentos arenosos na construção das planícies costeiras associadas às desembocaduras dos rios São Francisco (SE-AL), Jequitinhonha (BA), Doce (ES) e Paraíba do Sul (RJ). Revista Brasileira de Geociências, v. 3, n. 2, p. 98-105, 1983.

ESTEVES, F. A. Fundamentos de Limnologia. Rio de Janeiro: Interciência, 1998. 602 p.

FREESZ, N. P.; NOVELLI, R.; CORDEIRO, JR., L. S. A. Dinâmica da Avifauna da Lagoa do Açu, Norte Fluminense, RJ. In: CONGRESSO DE ECOLOGIA DO BRASIL, 7., 2005, Caxambu.

FREIXAS, S. S. A abertura de barra da lagoa de Grussaí: os elementos que influenciam este fenômeno. 2017. 68 p. Monografia (Licenciatura em Geografia) - Instituto Federal Fluminense, 2017.

INEA. Instituto Estadual do Ambiente. Parque Estadual da Lagoa do Açu. Biodiversidade e áreas protegidas. Disponível em: http://www.inea.rj.gov.br/Portal/Agendas/BIODIVERSIDADEEAREASPROTEGIDAS/UnidadesdeConservacao/INEA_008601. Acesso em: 5 jun. 2018.

INEA. Instituto Estadual do Ambiente. Portaria INEA/RJ/PRES Nº 357 em 19 de julho de 2012: Criação da Reserva Particular do Patrimônio Natural, RPPN Caruara.

LAMEGO, A. R. O Homem e a Restinga. Rio de Janeiro: Conselho Nacional de Geografia, 1946. 227 f.

LAMEGO, A. R. Geologia das Quadrículas de Campos, São Tomé, Lagoa Feia e Xexé. Boletim DNPM/ DGM, Rio de Janeiro, v. 154, p. 1-60. 1955.

LEMOS, R. M. T. Estudo das fácies deposicionais e das estruturas estromatolíticas da Lagoa Salgada, Rio de Janeiro. 1995. 122 f. Dissertação (Mestrado em Geologia e Geofísica Marinha) - Universidade Federal Fluminense, 1995.

LIMA, N. R. W. et al. Impacto da abertura de barra sobre a ictiofauna da lagoa de Iquipari, norte do estado do Rio de Janeiro. Bios, v. 9, n. 90, p. 73-82, 2001.

LIMA, V. S. Variação Espaço-temporal do Espelho D`água da Lagoa Feia, RJ. 2014. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal do Espírito Santo, 2014.

MACIEL, C. P. Complexo Lagunar Grussaí-Iquipari: proposta de criação de uma Unidade de Conservação: a visão científica e a visão legal. 2006. Monografia (Especialização em Educação Ambiental) - Centro Federal de Educação Tecnológica, CEFET, 2006.

MACIEL, C. P.; OLIVEIRA, V. P. S. Complexo Lagunar Grussaí-Iquipari: proposta de criação de uma Unidade de Conservação: a visão científica e a visão legal. Boletim do Observatório Ambiental Alberto Ribeiro Lamego, v. 1, n. 2, p. 178, 2007.

MARTIN, L.; SUGUIO, K.; FLEXOR, J. M. As flutuações de nível do mar durante o Quaternário Superior e a evolução geológica de “deltas “brasileiros”. Boletim IG - USP, Publicação Especial 15, 186 p., 1993.

NASCIMENTO, E. P. Os Conflitos na sociedade moderna: uma introdução conceitual. In: BURSZTYN, M. A difícil sustentabilidade. Rio de Janeiro: Garamond Universitária, 2001.

PEZARINO, R. S. 5-Processos e conflitos existentes no Complexo Lagunar Grussaí/Iquipari. Boletim do Observatório Ambiental Alberto Ribeiro Lamego, v. 2, n. 1, p. 99-116, 2008.

RANGEL, L. C. O Complexo Logístico Industrial Portuário do Açu e seus impactos no Sistema de Drenagem e na Estruturação Urbana da Região Norte-Fluminense. 2013. Dissertação (Mestrado em Engenharia Ambiental) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense, 2013.

SANTOS, K. P. Levantamento do Perfil Socioeconômico, da Percepção Ambiental e dos Conflitos no Entorno do Parque Estadual da Lagoa do Açu/RJ. Campos dos Goytacazes. 2014. 91 p. Dissertação (Mestrado em Engenharia Ambiental) - Instituto Federal Fluminense, 2014.

SILVA E SILVA, L. H. Contribuição ao conhecimento da composição microbiana e química das estruturas estromatolíticas da Lagoa Salgada, Quaternário do Rio de Janeiro, Brasil. 2002. 176 p. Tese (Doutorado em Geologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, 2002.

SILVA E SILVA, L. H.; IESPA, A. A. C.; IESPA, C. M. D. Composição dos estromatólitos estratiformes da lagoa Salgada, Rio de Janeiro, Brasil. Anuário do Instituto de Geociências, v. 31, n. 2, p. 42-49, 2008.

SOFFIATI, A. A. Aspectos históricos das lagoas do norte do Estado do Rio de Janeiro. In: ESTEVES, F.A (ed.). Ecologia das lagoas costeiras do Parque Nacional da Restinga de Jurubatiba e do Município de Macaé (RJ). Rio de Janeiro: Editora Universidade Federal do Rio de Janeiro, 1998. p. 8-13.

SOFFIATI, A. A. Ecofisionomia e História. In: SUZUKI, M. S. et al. Relatório: Áreas alagáveis do Norte Fluminense: Área 3 - Lagoas do segmento sul da Restinga Norte: entre a margem direita do Paraíba e o Cabo de São Tomé, 2005.

SOFFIATI, A. A. As Lagoas do Norte Fluminense: uma contribuição à história de uma luta. Campos dos Goytacazes, RJ: Editora Essentia, 2013. 203 p.

SOUSA, L. C.; PALAGAR, L. B. Complexo Lagunar Grussaí/Iquipari: Estudo dos Impactos Socioambientais das Lagunas de São João da Barra, RJ. Monografia (Licenciatura em Geografia) - Instituto Federal Fluminense campus Centro, Campos dos Goytacazes-RJ, 2015.

SOUSA, W. P. et al. Mercury and organic carbon distribution in six lakes from the North of Rio de Janeiro State. Braz. arch. biol. Technol, v. 47, n. 1, p. 139-145, 2004.

SRIVASTAVA, N. K. Lagoa Salgada (Rio de Janeiro): Estromatólitos recentes. In: SCHOBBENHAUS,C. et al.(ed.). Sítios Geológicos e Paleontológicos do Brasil. [S. l.: s. n.], 1999.

SUGUIO, K. Dicionário de geologia sedimentar e áreas afins. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1998. 1222 p.

SUZUKI, M. S. et al. Sand bar opening in a coastal lagoon (Iquipari) in the northern region of Rio de Janeiro State: hydrological and hydrochemical changes. Brazilian Journal of Biology, v. 62, n. 1, p. 51-62, 2002.

SUZUKI, M. S. Limnologia. In: SUZUKI, M. S. et al. Relatório: Áreas alagáveis do Norte Fluminense: Área 3: Lagoas do segmento sul da Restinga Norte: entre a margem direita do Paraíba e o Cabo de São Tomé. 2005.

VILAÇA, D. R. C. O complexo logístico industrial portuário do açu (CLIPA) e seus reflexos na dinâmica ecossistêmica da lagoa de Iquipari, São João da Barra/RJ. 2015. Dissertação (Mestrado em Engenharia Ambiental) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense, Macaé, RJ, 2015.

WIKIPARQUES. Parque Estadual da Lagoa do Açu. Disponível em: http://www.wikiparques.org/wiki/Parque_Estadual_da_Lagoa_do_A%C3%A7u. Acesso em: 19 maio 2018.

Publicado
27-06-2019
Como Citar
RAMOS, V. R.; ARAÚJO, T. M. DE R.; OLIVEIRA, M. M. DE. Histórico e caracterização das lagoas do Açu, Salgada, Grussaí e Iquipari, São João da Barra/RJ. Boletim do Observatório Ambiental Alberto Ribeiro Lamego, v. 13, n. 1, p. 3-23, 27 jun. 2019.
Seção
Artigos de revisão

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##