Geocolaboração na fiscalização ambiental: estudo de caso na Polícia Militar Ambiental do Estado do Rio de Janeiro – Brasil

Autores

DOI:

https://doi.org/10.19180/2177-4560.v13n22019p261-290

Palavras-chave:

Mapeamento colaborativo, Crowdsourcing, Policiamento ambiental, Comando e controle, Aplicação da lei

Resumo

O custo das geotecnologias estão se tornando mais acessível. A capacidade de gerar mapas em tempo real, com acesso ubíquo e aplicativos baseados em plataformas geocolaborativas desenvolvidas para os mais diferentes propósitos estão se multiplicando, permitindo aos usuários gerar, compartilhar, e coletar informações sobre o espaço geográfico. Mesmo assim, as geotecnologias empregando o Sistema de Informações Geográficas (SIG) ainda são limitadas entre as polícias militares ambientais brasileiras. Essa falta de difusão das geotecnologias ocorre devido a ausência de treinamento específico, requerendo um constante aperfeiçoamento desses profissionais. O estágio atual da evolução da geotecnologia por meio da computação em nuvem, design centrado no usuário, e geocolaboração exigem que estruturas de comando e controle repensem suas estratégias. Várias plataformas estão disponíveis e abertas para desenvolvedores criarem aplicativos com essa tecnologia. Este artigo analisa a potencial aplicabilidade da geocolaboração nas atividades de fiscalização ambiental, por meio de um estudo de caso no CPAm/PMERJ.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eduardo Frederico Cabral de Oliveira, Instituto Federal Fluminense

Mestre em Engenharia Ambiental pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense – (IFFluminense)- – Macaé/RJ – Brasil. E-mail: ecoliveira.edu@gmail.com

José Augusto Ferreira da Silva, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense (IFFluminense)

Doutor em Geografia pela Universidade Estadual Paulista (UNESP). Professor Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia Fluminense (IFFluminense) – Macaé/RJ – Brasil. E-mail: jaferreirasilva@gmail.com

José Francisco Oliveira Júnior, Universidade Estácio de Sá

Mestre em Engenharia Ambiental pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense (IFFluminense) – Macaé/RJ – Brasil. E-mail: jfojunior79@gmail.com

Jader Lugon Junior, Instituto Federal Fluminense

Doutor em Modelagem Computacional (UERJ). Professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense (IFFluminense) - Macaé (RJ) – Brasil. E-mail: jlugonjr@gmail.com

Publicado

21-02-2020

Como Citar

CABRAL DE OLIVEIRA, E. F.; SILVA, J. A. F. da; OLIVEIRA JÚNIOR, J. F.; LUGON JUNIOR, J. Geocolaboração na fiscalização ambiental: estudo de caso na Polícia Militar Ambiental do Estado do Rio de Janeiro – Brasil. Boletim do Observatório Ambiental Alberto Ribeiro Lamego, [S. l.], v. 13, n. 2, p. 261–290, 2020. DOI: 10.19180/2177-4560.v13n22019p261-290. Disponível em: https://essentiaeditora.iff.edu.br/index.php/boletim/article/view/13646. Acesso em: 28 nov. 2022.

Edição

Seção

Artigos originais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>