Geocolaboração na fiscalização ambiental: estudo de caso na Polícia Militar Ambiental do Estado do Rio de Janeiro – Brasil

Palavras-chave: Mapeamento colaborativo, Crowdsourcing, Policiamento ambiental, Comando e controle, Aplicação da lei

Resumo

O custo das geotecnologias estão se tornando mais acessível. A capacidade de gerar mapas em tempo real, com acesso ubíquo e aplicativos baseados em plataformas geocolaborativas desenvolvidas para os mais diferentes propósitos estão se multiplicando, permitindo aos usuários gerar, compartilhar, e coletar informações sobre o espaço geográfico. Mesmo assim, as geotecnologias empregando o Sistema de Informações Geográficas (SIG) ainda são limitadas entre as polícias militares ambientais brasileiras. Essa falta de difusão das geotecnologias ocorre devido a ausência de treinamento específico, requerendo um constante aperfeiçoamento desses profissionais. O estágio atual da evolução da geotecnologia por meio da computação em nuvem, design centrado no usuário, e geocolaboração exigem que estruturas de comando e controle repensem suas estratégias. Várias plataformas estão disponíveis e abertas para desenvolvedores criarem aplicativos com essa tecnologia. Este artigo analisa a potencial aplicabilidade da geocolaboração nas atividades de fiscalização ambiental, por meio de um estudo de caso no CPAm/PMERJ.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eduardo Frederico Cabral de Oliveira, Instituto Federal Fluminense
Mestre em Engenharia Ambiental pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense – (IFFluminense)- – Macaé/RJ – Brasil. E-mail: ecoliveira.edu@gmail.com
José Augusto Ferreira da Silva, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense (IFFluminense)
Doutor em Geografia pela Universidade Estadual Paulista (UNESP). Professor Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia Fluminense (IFFluminense) – Macaé/RJ – Brasil. E-mail: jaferreirasilva@gmail.com
José Francisco Oliveira Júnior, Universidade Estácio de Sá
Mestre em Engenharia Ambiental pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense (IFFluminense) – Macaé/RJ – Brasil. E-mail: jfojunior79@gmail.com
Jader Lugon Junior, Instituto Federal Fluminense
Doutor em Modelagem Computacional (UERJ). Professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense (IFFluminense) - Macaé (RJ) – Brasil. E-mail: jlugonjr@gmail.com

Referências

ARAGÃO, L. Polícia Ambiental Completa 60 Anos e Anuncia Novidades. São Paulo: Secretaria de Estado da Segurança Pública, December 14, 2009. Disponível em: http://www.ssp.sp.gov.br/noticia/lenoticia.aspx?id=18557. Acesso em: 2019.

BAGROW, L. History of Cartography. New Jersey: Transaction Publishers, 2010.

BRASIL. Decreto no 66.862, de 8 de Julho de 1970. Aprova O Regulamento Para as Polícias Militares E Corpos de Bombeiros Militares (R-200). Disponível em: http://legis.senado.leg.br/legislacao/ListaTextoIntegral.action?id=180741&norma=197250. Acesso em: 2019.

BRASIL. Lei no 9.605, de 12 de Fevereiro de 1998. Dispõe sobre as Sanções Penais E Administrativas Derivadas de Condutas E Atividades Lesivas Ao Meio Ambiente, E Dá Outras Providências. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L9605.htm. Acesso em: 2019.

CHILDE, V. G. O Que Aconteceu Na História. 3ª. ed. Rio de Janeiro: Zahar, 1973.

CHOWDHRY, A. Google Earth Pro Is Now Available For Free. Forbes, January 30, 2015. Disponível em:http://www.forbes.com/sites/amitchowdhry/2015/01/30/google-earth-pro-is-now-available-for-free/. Acesso em: 2019.

CHRISTOFOLETTI, A. As Perspectivas Dos Estudos Geográficos: Perspectivas Da Geografia. 2ª. ed. São Paulo: DIFEL, 1985. Disponível em: http://sigcursos.tripod.com/perspetivas.pdf. Acesso em: 2019.

COMISSÃO MUNDIAL SOBRE MEIO AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO. Nosso Futuro Comum. 2nd ed. Rio de Janeiro: Fundação Getulio Vargas, 1991.

CRAMPTON, J. W. Cartography: Maps 2.0. Progress in Human Geography, v. 33, n.1, p. 91–100, 2009. DOI: https://doi.org/10.1177/0309132508094074.

FABRÍCIO, D. C. B.; VITTE, A. C. Princípios de geografia humana. Geografia e Pesquisa, v. 9, n.1, 2015. Disponível em: http://vampira.ourinhos.unesp.br/openjournalsystem/index.php/geografiaepesquisa/article/view/146. Acesso em: 2019.

FITZ, P. R. Geoprocessamento sem complicação. São Paulo, SP, Brasil: Oficina de Textos, 2008.

FONSECA, F. P. A inflexibilidade do espaço cartográfico, uma questão para a geografia: análise das discussões sobre o papel da cartografia. Tese (Doutorado) - Universidade de São Paulo, 2004. Disponível em: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8135/tde-09082010-130954/. Acesso em: 2019.

GARTNER, G.; BENNETT, D. A.; MORITA, T. Towards Ubiquitous Cartography, v. 34, n. 4, p. 247–57, 2007. DOI: https://doi.org/10.1559/152304007782382963.

GOOGLE Earth Pro Is Now Free. Google Lat Long (blog), January 30, 2015. Disponível em: https://maps.googleblog.com/2015/01/google-earth-pro-is-now-free.html. Acesso em: 2019.

LANÇADO O ArcGIS Earth, Baixe-O Gratuitamente! Disponível em: https://www.labgis.uerj.br/noticias/lancado-o-arcgis-earth-baixe-o-gratuitamente. Acesso em: 16 jul. 2017.

OLIVEIRA JÚNIOR, J. F. O Uso de Geotecnologias Na Fiscalização Ambiental Para Fins Militares: Estudo de Caso Na Unidade de Policiamento Ambiental Do Parque Estadual Do Desengano – RJ. 2015. Dissertação (Mestrado) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense, 2015.

RIO DE JANEIRO (estado). Decreto Estadual no 5.520, 15 de Dezembro de 1986. Cria O 23o Batalhão de Polícia Militar Com Destinação Específica E Dá Outras Providências. Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro, 15 dez. 1986.

RIO DE JANEIRO (estado). Decreto Estadual no 10.376, de 25 de Setembro de 1987. Altera a Denominação de Batalhão de Polícia Militar, E Dá Outras Providências. Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro, 25 set. 1987.

RIO DE JANEIRO (estado). Política Pública Para a Segurança, Justiça e Cidadania: Plano Estadual. Rio de Janeiro, 2000.

RIO DE JANEIRO (estado). Manual de Procedimentos Para O Sistema de Metas E Acompanhamento de Resultados. Rio de Janeiro, 2009.

RIO DE JANEIRO (estado). Decreto Estadual no 43.641, de 15 de Junho de 2012. Altera a Denominação de Batalhão de Polícia Militar, E Dá Outras Providências. Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro, 15 jun. 2012.

RIO DE JANEIRO (estado). Vade Mecum de Ocorrências Policiais Militares. Rio de Janeiro: PMERJ, Aditamento Ao Boletim Da Polícia Militar no 034, 2013.

ROSA, R. Geotecnologias Na Geografia Aplicada. Revista Do Departamento de Geografia, v. 16, n. 0, p. 81–90, 2011. Disponível em: https://doi.org/10.7154/RDG.2005.0016.0009. Acesso em: 2019.

SHEPPARD, S. R. J.; CIZEK, P. The Ethics of Google Earth: Crossing Thresholds from Spatial Data to Landscape Visualisation. Journal of Environmental Management, Collaborative GIS for spatial decision support and visualization, v. 90, n. 6, p. 2102–17, 2009. DOI: https://doi.org/10.1016/j.jenvman.2007.09.012.

SOBRE nossas Características de Mapeamento E Casos de Uso | BatchGeo.. Disponível em: https://pt.batchgeo.com/features/. Acesso em: 16 jul. 2017.

TRANSFORME O GIS Corporativo. Disponível em: http://www.img.com.br/pt-BR/arcgis10-5/sobre-arcgis. Acesso em: 15 jul. 2017.

TRINDADE, D. F. O Ponto de Mutação No Ensino Das Ciências. São Paulo: Madras, 2005

TSOU, M. H. Revisiting Web Cartography in the United States: The Rise of User-Centered Design. Cartography and Geographic Information Science, v. 38, n. 3, p. 250–57, 2011. DOI: https://doi.org/10.1559/15230406382250.

VOLPATO, G. L. Bases teóricas para redação científica ... por que seu artigo foi negado? São Paulo: Cultura Acadêmica Editora; Scripta, 2007.

ZIOLKOWSKA, J. R.; REYES R. Geological and Hydrological Visualization Models for Digital Earth Representation. Computers & Geosciences, v. 94, p. 31–39, Setptember 2016. DOI: https://doi.org/10.1016/j.cageo.2016.06.003.

Publicado
21-02-2020
Como Citar
CABRAL DE OLIVEIRA, E. F.; SILVA, J. A. F. DA; OLIVEIRA JÚNIOR, J. F.; LUGON JUNIOR, J. Geocolaboração na fiscalização ambiental: estudo de caso na Polícia Militar Ambiental do Estado do Rio de Janeiro – Brasil. Boletim do Observatório Ambiental Alberto Ribeiro Lamego, v. 13, n. 2, p. 261-290, 21 fev. 2020.
Seção
Artigos originais