Desafios para a implementação da Agenda 2030 à luz da gestão sustentável das águas

Palavras-chave: Objetivos para desenvolvimento sustentável, Indicadores de sustentabilidade, Avaliação da prosperabilidade

Resumo

A Agenda 2030 apresenta dezessete objetivos para o desenvolvimento sustentável (ODS). Dentre os eles, o ODS 6 visa assegurar a gestão sustentável da água e a universalização do acesso à água e ao saneamento no planeta. O uso de indicadores de sustentabilidade pode apontar caminhos para o monitoramento e a avaliação da implementação dos ODS. Assim, por meio de revisão bibliográfica, objetiva-se com o presente trabalho sistematizar os principais desafios relacionados ao emprego desses indicadores no âmbito da implementação da Agenda 2030, com foco nas estratégias de gestão sustentável das águas e no sistema de indicadores denominado “avaliação de prosperabilidade”.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marina Oliveira Teixeira, Instituto Federal Fluminense
Graduanda em Engenharia de Controle e Automação - Brasil.
Maria Inês Paes Ferreira, Instituto Federal Fluminense
Pós-doutora em Gestão Integrada dos Recursos Naturais (VIU/ Bolsista CAPES). Docente do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Ambiental do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia Fluminense – Macaé/RJ – Brasil. E-mail:   ines_paes@yahoo.com.br
Publicado
27-12-2020
Como Citar
SOARES, D. L.; TEIXEIRA, M. O.; FERREIRA, M. I. P.; NETO, R. S. Desafios para a implementação da Agenda 2030 à luz da gestão sustentável das águas. Boletim do Observatório Ambiental Alberto Ribeiro Lamego, v. 14, n. 2, p. 209-234, 27 dez. 2020.
Seção
Artigos de revisão