Precipitação e Eventos Extremos na Bacia do Rio Paraíba do Sul: Uma Revisão Teórica

Uma Revisão Teórica

Autores

DOI:

https://doi.org/10.19180/2177-4560.v15n12021p52-69

Palavras-chave:

Déficit de Precipitação. Excesso de Precipitação., DéfiExcesso de Precipitação, Impactos de Eventos Extremos

Resumo

O entendimento do comportamento da precipitação e seus extremos torna-se cada vez mais imprescindível. O objetivo deste estudo é apresentar uma revisão teórica sobre estes aspetos na bacia do rio Paraíba do Sul, englobando os principais sistemas atmosféricos que atuam na região, assim como os impactos causados pela ocorrência dos seus extremos. De forma geral, destaca-se a importância de estudos com um maior aprofundamento no entendimento da variabilidade climática e eventos extremos na bacia do rio Paraíba do Sul, de modo a contribuir no planejamento ambiental e gestão dos recursos hídricos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gildo Rafael de Almeida Santana, Instituto Federal Fluminense

Licenciado em Ciências Biológicas - Instituto Federal de Alagoas, Especialista em Educação emabiental - Universidade Federal de Santana Maria, Especialista em Clima, Água e Energia pela Universidade Estadual do Norte Fluminese Darcy Ribeiro e Mestrando em Engenharia Ambiental -  Instituto Federal Fluminense.

Vicente de Paulo Santos de Oliveira, Instituto Federal Fluminense

Doutor em Engenharia Agrícola pela Universidade Federal de Viçosa (UFV). Professor do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia Fluminense (IFFluminense) – Campos dos Goytacazes/RJ – Brasil.

Jader Lugon Junior, Instituto Federal Fluminense

Doutor  em  Modelagem  Computacional  (UERJ).  Professor  do  Instituto  Federal  de  Educação,  Ciência e Tecnologia Fluminense - campus Macaé (RJ) – Brasil.

Maria Gertrudes Alvarez Justi da Silva, Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro

Doutorado em Engenharia Mecânica (COPPE/UFRJ).  Professora associada no Laboratório de Meteorologia (LAMET) da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF) – Brasil.

Eliane Barbosa Santos, Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro

Doutorado em CIÊNCIAS CLIMÁTICAS pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Professora Colaboradora da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF) – Brasil.

Referências

ALVARENGA, L. A. Precipitação no sudeste brasileiro e sua relação com a Zona de Convergência do Atlântico Sul. Revista Agrogeoambiental, v. 4, n.2, 2012. doi.org/10.18406/2316-1817v4n22012452

ALVES, L. M.; MARENGO, J. A.; CAMARGO JR., H.; CASTRO, C. Início da estação chuvosa na região Sudeste do Brasil: Parte 1 – Estudos observacionais. Revista Brasileira de Meteorologia, v. 20, n. 3, p. 385-394, 2005. Disponível em: http://mtc-m16c.sid.inpe.br/col/sid.inpe.br/ePrint@80/2005/05.09.18.30/doc/v1.pdf

ALVES, L. M.; MARENGO, J. A.; CASTRO, C. A. C. Início das chuvas na Região Sudeste do Brasil: Analise Climatológica. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE METEOROLOGIA, 12., 2002, Foz do Iguaçu. Anais [...] p. 1403-1410. 2002. Disponível em: http://mtc-m16b.sid.inpe.br/col/sid.inpe.br/iris@1915/2005/04.11.16.37/doc/Alves_Inicio%20das%20chuvas.pdf

ANDRADE, K. M.; PINHEIRO, H. R. Simulação de eventos extremos de precipitação na Região Serrana do Rio de Janeiro no clima presente e futuro utilizando o modelo ETA-HADCM3. Simpósio Internacional de Climatologia, 2011, João Pessoa-PB. Anais […] 2011. Disponível em: http://mtc-m16d.sid.inpe.br/col/sid.inpe.br/mtc-m19/2011/11.16.13.26/doc/Andrade%3B%20Pinheiro-%20Simula%E7%E3o%20de%20Eventos.PDF

BRASIL, Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico. Conjuntura dos recursos hídricos no Brasil 2017: relatório pleno/ Agência Nacional de Águas. Brasília: ANA, 2017b. Disponível em: http://www.snirh.gov.br/portal/snirh/centrais-de-conteudos/conjuntura-dos-recursos-hidricos/conj2017_rel-1.pdf

BRASIL, Ministério do Meio Ambiente. Índice de vulnerabilidade aos desastres naturais relacionados às secas no contexto da mudança do clima/ Ministério do Meio Ambiente, Ministério da Integração Nacional, WWF-Brasil. Brasília, DF: MMA, 2017a. Disponível em: https://www.wwf.org.br/natureza_brasileira/reducao_de_impactos2/clima/copy_of_mudancas_climaticas2_20062017_1938/

BRASILIENSE, C. S.; DERECZYNSKI, C. P.; SATYAMURTY, P.; CHOU, S. C. & CALADO, R. N. Climatologias da Temperatura do Ar e da Precipitação na Bacia do Rio Paraíba do Sul, Região Sudeste do Brasil. Anuário do Instituto de Geociências, v. 43(1). P. 355-365, 2020. /doi.org/10.11137/2020_1_355_365

CARVALHO, L. M. V.; JONES, C. Zona de Convergência do Atlântico Sul. In: CAVALCANTI, I. F. A., FERREIRA, N. J.; JUSTI DA SILVA, M. G. A.; SILVA DIAS, M. A. F. (eds.). Tempo e Clima no Brasil. São Paulo, Oficina de Textos, p. 95-109, 2009.

CARVALHO, L. M. V.; JONES, C.; LIEBMANN, B. The South Atlantic Convergence Zone: intensity, form, persistence, and relationships with intraseasonal to interannual activity and extreme rainfall. Journal of Climate, v. 17, p. 88-108, 2004. doi.org/10.1175/1520-0442(2004)017<0088:TSACZI>2.0.CO;2

CASTRO, A. L. C. de et al. Manual de Desastres: desastres naturais. Brasília: Ministério da Integração Nacional, 2003. 174p.

CAVALCANTI, I. F. A., KOUSKY, V. E. (2009). Frentes Frias sobre o Brasil. In: CAVALCANTI, I. F. A., FERREIRA, N. J., JUSTI DA SILVA, M. G. A.; SILVA DIAS, M. A. F. Tempo e clima no Brasil. São Paulo: Oficina de textos. Cap. 9, p. 133-147

CEPED UFSC. Centro Universitário de Estudos e Pesquisas Sobre Desastres. Universidade Federal de Santa Catarina. Atlas Brasileiro de Desastres Naturais 1991 a 2012: volume Rio de Janeiro. Florianópolis. 2013a.Disponívl em: https://s2id.mi.gov.br/paginas/atlas/

CEPED UFSC. Centro Universitário de Estudos e Pesquisas sobre Desastres. Universidade Federal de Santa Catarina. Atlas brasileiro de desastres naturais 1991 a 2010: volume Brasil. 2. ed. rev. ampl. Florianópolis. p. 94, 2013b. Disponível em: https://www.ceped.ufsc.br/wp-content/uploads/2012/01/AMAZONAS_mioloWEB.pdf

COSTA, L. F. et al. Enfrentando a Estiagem da Bacia do Rio Paraíba Do Sul. In: Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos, 21: anais. Brasília: ABRH, 2015. Disponível em: http://eventos.abrh.org.br/xxisbrh/#

CPTEC /INPE- Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos/Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. Síntese sinótica do mês de março de 2020. 2020b. Disponível em: https://s1.cptec.inpe.br/admingpt/tempo/pdf/sintese_032020.pdf.

CPTEC /INPE- Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos/Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. Banco de Dados de Imagem. 2020a. Disponível em: http://satelite.cptec.inpe.br/acervo/goes16.formulario.logic.

DERECZYNSKI, C. P.; MENEZES, W. F. Meteorologia da Bacia de Campos. In: Martins, R.P., Grossmann-Matheson, G.S., editores. Meteorologia e Oceanografia. Rio de Janeiro: Elsevier. Habitats, v. 2. p. 1-54, 2015. doi.org/10.1016/B978-85-352-6208-7.50008-8

REDMOND, K. T. The Depiction of Drought: a Commentary. Bulletin of the American Meteorological Society, v.83, p.1143-1147, 2002. doi.org/10.1175/1520-0477-83.8.1143

EPE. 2019. Empresa de Pesquisa Energética. Balanço Energético Nacional: ano base 2018. Ministério de Minas e Energia, Brasília. Disponível em: http://www.epe.gov.br/sites-pt/publicacoes-dados-abertos/publicacoes/PublicacoesArquivos/publicacao-377/topico-494/BEN%202019%20Completo%20WEB.pdf.

FERNANDES, D. S.; HEINEMANN, A. A.; PAZ, R. L.; AMORIM, A. L.; CARDOSO, A. S. Índices para a quantificação da seca. Santo Antônio de Goiás: Embrapa Arroz e Feijão. (Embrapa Arroz e Feijão. Documentos, 244), 45 p. 2009. Disponível em: https://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/bitstream/doc/663874/1/doc244.pdf

FERREIRA, N. J.; SANCHES, M.; SILVA DIAS, M. A. F. Composição da zona de convergência do Atlântico Sul em períodos de El Niño e La Niña. Revista Brasileira de Meteorologia, v. 19, n. 1, p. 89-98, 2004.

FERREIRA, V. O.; SILVA, M. M. O clima da bacia do rio Jequitinhonha, em Minas Gerais: subsídios para a gestão de recursos hídricos. Revista Brasileira de Geografia Física, 5(2), 302-319, 2012. doi.org/10.26848/rbgf.v5i2.232805

G1. Moradores de Friburgo afetados pela chuva há 1 ano temem nova tragédia. 2012 Disponível em: http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2012/01/moradores-de-friburgo-afetados-pela-chuva-ha-1-ano-temem-nova-tragedia.html.

G1. Chega a 6 mil o número de desalojados ou desabrigados em enchentes no Norte e Noroeste do RJ. Disponível em: https://g1.globo.com/rj/norte-fluminense/noticia/2020/01/25/cidades-do-norte-e-noroeste-do-rio-ficam-inundadas-apos-chuva-forte-e-cheia-dos-rios.ghtml.

G1. Sobrevivente que perdeu 7 familiares no desastre na Serra do RJ relembra 10 anos da maior tragédia climática do Brasil. Disponível em: https://g1.globo.com/rj/regiao-serrana/noticia/2021/01/11/sobrevivente-que-perdeu-7-familiares-na-tragedia-na-serra-do-rj-relembra-10-anos-da-maior-tragedia-climatica-do-brasil.ghtml.

G1. Passa de 900 o número de mortos na Região Serrana após chuvas. 2011. Disponível em: http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/chuvas-no-rj/noticia/2011/02/passa-de-900-o-numero-de-mortos-na-regiao-serrana-apos-chuvas.html.

GALVÃO, J.; BERMANN, C. Crise hídrica e energia: conflitos no uso múltiplo das águas. Estudos avançados, v. 29, n. 84, p. 43-68, 2015.

GAN, A. M., KOUSKY, E. V., ROPELEWSKI, F. C. The South America Monsoon Circulation ad Its Relationship to Rainfall over West-Central Brazil. American Meteorological Society, v. 17, p. 47-66, 2004. doi.org/10.1175/1520-0442(2004)017<0047:TSAMCA>2.0.CO;2

GANGULI, P.; REDDY, M. J. Evaluation of trends and multivariate frequency analysis of droughts in three meteorological subdivisions of western India. International Journal Of Climatology, v. 34, n. 3, p.911-928, 2013. doi.org/10.1002/joc.3742

Gil, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

Gil, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2002. Disponível em: http://www.urca.br/itec/images/pdfs/modulo%20v%20-%20como_elaborar_projeto_de_pesquisa_-_antonio_carlos_gil.pdf.

HEIM, R. R. A review of twentieth: century drought indices used in the United States. Bulletin of the American Meteorology Society, v.83, p.1149-1163, 2002. doi.org/10.1175/1520-0477-83.8.1149

IORIS, A. A. R. Os limites políticos de uma reforma incompleta: a implementação da Lei dos Recursos Hídricos na Bacia do Paraíba do Sul. Revista Brasileira de Estudos Urbanos e Regionais, v. 10, n. 1, p. 61-85, 2011.

PAINEL INTERGOVERNAMENTAL SOBRE MUDANÇAS CLIMÁTICAS, (IPCC). Climate Change 2013: The Physical Science Basis. Contribution of Working Group I to the Fifth Assessment Report of the Intergovernmental Panel on Climate Change. IPCC (p. 535) 2013. Disponível em: https://www.ipcc.ch/site/assets/uploads/2018/03/ar5_wg1_spmportuguese.pdf.

KELLER FILHO, T.; ASSAD, E. D.; LIMA, P. R. S. R. Regiões pluviometricamente homogêneas no Brasil. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v.40, n.4, p.311–322, 2005. doi.org/10.1590/S0100-204X2005000400001

KODAMA, Y. Large-Scale Common Features of Subtropical Precipitation Zones (the Baiu Frontal Zones, the SPCZ, and the SACZ) Part I: Characteristics of Subtropical Frontal Zones. Journal of Meteorological Society of Japan, v. 70, n.4, p. 813-835, 1992. doi.org/10.2151/jmsj1965.70.4_813

KOUSKY, V. E. Frontal influences on Northeast Brazil. Monthly Weather Review. v. 107, p. 1140-1153, 1979. doi.org/10.1175/1520-0493(1979)107<1140:FIONB>2.0.CO;2

KOUSKY, V. E. Pentad outgoing longwave radiation climatology for the South American sector. Revista Brasileira de Meteorologia. 3(1): 217–231, 1988. Disponível em: http://citeseerx.ist.psu.edu/viewdoc/download?doi=10.1.1.469.5776&rep=rep1&type=pdf

LIEBMANN, B.; KILADS, G. N.; MARENGO, J. A.; AMBRIZZI, T.; GLICK, J. D. Submonthly convective variability over South America and South Atlantic Convergence Zone. Journal of Climate, v. 12, p. 1877-1891, 1999. doi.org/10.1175/1520-0442(1999)012<1877:SCVOSA>2.0.CO;2

LIMA, K. C.; SATYAMURTY, P.; FERNÁNDEZ, J. P. R. Large-scale atmospheric conditions associated with heavy rainfall episodes in southeast Brasil. Theoretical and Applied Climatology, v. 101, n. 1- 2, p. 121-135, 2010. Disponível em: https://link.springer.com/article/10.1007/s00704-009-0207-9

MAGALHÃES, A. Vida e seca no Brasil. In: DE NYS, E.; ENGLE, N.L.; MAGALHÃES, A.R. (orgs.). Secas no Brasil: política e gestão proativas. Brasília, DF: Centro de Gestão e Estudos Estratégicos- CGEE; Banco Mundial, 2016. 292 p. Disponível em: https://www.cgee.org.br/documents/10182/734063/seca_brasil-web.pdf.

MARENGO, J. A; HASTENRATH, S. Case studies of extreme climatic events in the Amazon Basin. Journal of Climate, v. 6, n. 4, p. 617-627, abr. 1993. doi.org/10.1175/1520-0442(1993)006<0617:CSOECE>2.0.CO;2

MARENGO, J. A.; ALVES, L. M. Tendências hidrológicas da bacia do rio Paraíba do Sul. Revista Brasileira de Meteorologia, 20(2): 215-226, 2005. Disponível em: http://www.inea.rj.gov.br/cs/groups/public/documents/document/zwew/mtez/~edisp/inea0113198.pdf

MARENGO, J. A; NOBRE, C. A.; SELUCHI, M. E.; CUARTAS, A.; ALVES, L. M.; MENDIONDO, E. M.; OBREGÓN, G.; SAMPAIO, G. 2015. A seca e a crise hídrica de 2014-2015 em São Paulo. Revista USP, 106: 31-44. doi.org/10.11606/issn.2316-9036.v0i106p31-44

MINUZZI, R.; SEDIYAMA, G.; BARBOSA, E.; MELO-JÚNIOR, J. C. Climatologia do comportamento do período chuvoso da região Sudeste do Brasil. Revista Brasileira de Meteorologia, São Paulo, v.22, n.3, p.338–344, 2007. doi.org/10.1590/S0102-77862007000300007

NIMER, E., 1989. Climatologia do Brasil. DERMA/IBGE. 2ª ed., Rio de Janeiro, 422 p. 1989. Diponível em: https://biblioteca.ibge.gov.br/biblioteca-catalogo?id=281099&view=detalhes.

NOBRE, C. A. Ainda sobre a Zona de Convergência do Atlântico Sul: a importância do oceano Atlântico. Revista Climanálise, v. 3, n. 4, p. 30-33, abr. 1988. Disponívelem: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_nlinks&pid=S0102-7786201600080042800102&lng=en

NOGUÉS-PAEGLE, J., MO, K. C. Alternating Wet and Dry Conditions over South America During Summer. Monthly Weather Review, v. 125, p. 279-291, 1997. Doi.org/10.1175/1520-0493(1997)125<0279:AWADCO>2.0.CO;2

PEREIRA, F. A. et al. Variabilidade climática da precipitação em regiões de diferentes altitudes no estado do Rio De Janeiro. In: Simpósio Brasileiro de Geografia Física Aplicada, 15, Vitória, ES, 2013. Anais [...] Uso e ocupação da terra e as mudanças das paisagens. Vitória, ES: Departamento de geografia, CCHN, UFES, 2013. Disponível em: https://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/963086.

QUADRO, M. F. DE L. Estudo de Episódios de Zona de Convergência do Atlântico Sul ZCAS sobre a América do Sul. Dissertação de Mestrado em Meteorologia, INPE, 1994.

QUADRO, M. F. L. et al. Análise climatológica da precipitação e do transporte de umidade na região da ZCAS através da nova geração de reanálises. Revista Brasileira de Meteorologia, v.27, n.2, 152 - 162, 2012. Doi.org/10.1590/S0102-77862012000200004

QUADRO, M. F. L. et al. Climatologia da Precipitação e Temperatura. Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos - CPTEC/INPE. Revista Climanálise, 2019 Disponível em: http://climanalise.cptec.inpe.br/~rclimanl/boletim/cliesp10a/chuesp.html.

REBOITA, M. S.; GAN, M. A.; ROCHA, R. P.; AMBRIZZI, T. Regimes de Precipitação na América do Sul: Uma Revisão Bibliográfica. Revista Brasileira de Meteorologia, v.25, n.2, 185 - 204, 2010. doi.org/10.1590/S0102-77862010000200004

REDMOND, K. T. The depiction of drought: a commentary. Bulletin of the American Meteorological Society, v.83, p.1143-1147, 2002.

SANTANA, G. R. A. Caracterização Espaço-Temporal das Secas na Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba do Sul. Monografia (Curso de Pós-Graduação em Clima Água e Energia). Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro, Laboratório de Meteorologia, Macaé. 37f, 2020. Disponível em: https://193364f0-cace-4c28-80b5-6efac6d4cbe1.filesusr.com/ugd/3c9787_0fa17f378fc942ccbebceb3d2a2eab9e.pdf

SANTANA, G. R A.; SANTOS, E B. DA SILVA, M. G. A. J. Caracterização Espaço-Temporal das Secas na Bacia do Rio Paraíba do Sul. Anuário do Instituto de Geociências – UFRJI, v. 43, n 4, p. 364-375, 2020. doi.org/10.11137/2020_4_364_375

SANTOS, G. D. R. N.; SANTOS, E. B. Análise das Secas nas Regiões Norte e Noroeste Fluminense. Anuário do Instituto de Geociências – UFRJI, v. 43, n 4, p. 1-10, 2020. doi.org/10.11137/2020_4_1_10

SILVA, C. A. M. DA. Os Desastres no Rio de Janeiro: Conceitos e Dados. Rio de Janeiro: Cadernos do Desenvolvimento Fluminense, p. 55-71, 2015.

SUASSUNA, J. Fundação Joaquim Nabuco. Uma Metodologia para a Preparação do Combate aos Efeitos da Seca. Recife/ PE, 1999.

VIANELLO L. R.; ALVES A. R. Meteorologia básica e aplicações. Viçosa: Editora UFV, p. 1-446, 1991.

WILHITE, D. A. Drought. In: Holton, J. A.; Pyle, C.; Curry, J. A. (Ed.). Encyclopedia of atmospheric science. New York: Elsevier, p.650-658, 2003.

WMO - WORLD METEOROLOGICAL ORGANIZATION. Drought and agriculture. Geneva, Switzerland: WMO, 1975. 127 p. (Tech. Note 138, Publ. WMO392).

YNOUE, R. Y.; REBOITA M. S.; AMBRIZZI, T.; SILVA, G. A. M. Meteorologia: Noções Básicas. Oficina de Textos, São Paulo, 2017.

ZHOU, J.; LAU, K. M. Does a monsoon climate exist over South America? Journal of Climate, v. 11, n. 5, p. 1020-1040, 1998.

Downloads

Publicado

25-12-2021

Como Citar

SANTANA, G. R. de A.; DE OLIVEIRA, V. de P. S.; JUNIOR, J. L.; SILVA, M. G. A. J. da; SANTOS, E. B. Precipitação e Eventos Extremos na Bacia do Rio Paraíba do Sul: Uma Revisão Teórica: Uma Revisão Teórica. Boletim do Observatório Ambiental Alberto Ribeiro Lamego, [S. l.], v. 15, n. 1, p. 52–69, 2021. DOI: 10.19180/2177-4560.v15n12021p52-69. Disponível em: https://essentiaeditora.iff.edu.br/index.php/boletim/article/view/15962. Acesso em: 28 set. 2022.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 4 > >>