Toxinas de cianobactérias e microalgas marinhas: um desafio para a ecotoxicologia aquática

Autores

  • Manildo Marcião de Oliveira
  • Moacelio Veranio Silva Filho
  • Jayme da Cunha Bastos
  • Maria Helena Campos Baeta Neves

Palavras-chave:

Toxinas. Cianobactéria. Algas nocivas.

Resumo

O objetivo desta revisão é de chamar a atenção para o crescente número de metabólitos secundários produzidos por microrganismos em ambientes aquáticos. Em especial pelas cianobactérias e pelas microalgas marinhas. O primeiro grupo é produtor de toxinas que têm por alvo o fígado, os nervos e a pele. As cianobactérias são as maiores responsáveis por eventos de intoxicação em ambientes aquáticos epicontinentais. Em ambientes marinhos, microalgas eucariotas como as diatomáceas e principalmente os dinoflagelados são produtores de ampla variedade de ficotoxinas. Ficotoxinas são causadoras de síndromes após consumo de mexilhão contaminado ou intoxicação ciguatérica por consumo de peixe (CFP). O quadro atual sinaliza atenção, pois muitas florações ocorrem sem notificação, o que impede importantes estudos sobre a história de florações sazonais. Aspectos metodológicos e de mão de obra qualificada também dificultam diagnósticos mais precisos sobre as florações. A cooperação entre profissionais com distintas formações como taxonomistas, químicos, biólogos e engenheiros ambientais é a base para estudos ecotoxicológicos que possam avaliar o risco destas florações e sugerir adaptações na legislação ambiental.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Manildo Marcião de Oliveira

Núcleo de Pesquisa em Gestão Ambiental – Unidade de Pesquisa e Extensão Agro-Ambiental – Instituto Federal Fluminense - IFF campus Campos Centro.

Moacelio Veranio Silva Filho

Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca - ENSP/Fundação Oswaldo Cruz – FIOCRUZ

Jayme da Cunha Bastos

Laboratório de Bioquímica Toxicológica – IBRAG – Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UERJ

Maria Helena Campos Baeta Neves

Departamento de Oceanografia Biológica – Instituto de Estudos do Mar Almirante Paulo Moreira - IEAPM

Downloads

Como Citar

OLIVEIRA, M. M. de; FILHO, M. V. S.; BASTOS, J. da C.; NEVES, M. H. C. B. Toxinas de cianobactérias e microalgas marinhas: um desafio para a ecotoxicologia aquática. Boletim do Observatório Ambiental Alberto Ribeiro Lamego, [S. l.], v. 4, n. 1, p. 57–80, 2011. Disponível em: https://essentiaeditora.iff.edu.br/index.php/boletim/article/view/2177-4560.20100003. Acesso em: 2 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos originais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)