A Reestruturação Produtiva relacionada com a formação e a ocupação de Rio das Ostras, RJ

Autores

  • Maria Laura Monnerat Gomes
  • Luiz de Pinedo Quinto Junior

Palavras-chave:

Rio das Ostras. Crescimento Demográfico. Distribuição da População.

Resumo

Este artigo aborda a formação e a ocupação de Rio das Ostras durante o período compreendido entre 1950 e 2007. A dinâmica demográfica da área de estudo é bastante peculiar, se a compararmos com a cidade do Rio de Janeiro, sofrendo profundas modificações, principalmente, durante as últimas três décadas do século XX, com a descoberta de petróleo na Bacia de Campos. A formação e a ocupação do território de Rio das Ostras estão diretamente ligadas aos ciclos econômicos da Bacia de Campos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Laura Monnerat Gomes

Arquiteta e urbanista. Mestre em Engenharia Ambiental pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense, IF Fluminense, Brasil. Graduada em Arquiteta e Urbanismo pela Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.

Luiz de Pinedo Quinto Junior

Doutor em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de São Paulo, USP, Brasil. Professor do PPEA do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense, IF Fluminense, Brasil. Doutor em Arquitetura e Urbanismo (USP)

Downloads

Como Citar

GOMES, M. L. M.; JUNIOR, L. de P. Q. A Reestruturação Produtiva relacionada com a formação e a ocupação de Rio das Ostras, RJ. Boletim do Observatório Ambiental Alberto Ribeiro Lamego, [S. l.], v. 4, n. 1, p. 141–152, 2011. Disponível em: https://essentiaeditora.iff.edu.br/index.php/boletim/article/view/2177-4560.20100008. Acesso em: 2 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos originais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)