Ocupação Urbana de Rio das Ostras: Elementos Definidores e os Impactos nos Recursos Hídricos

  • Maria Laura Monnerat Gomes
Palavras-chave: Bacia Hidrográfica do rio das Ostras, Ocupação urbana, Impactos nos recursos hídricos

Resumo

Na década de 1950, o território de Rio das Ostras começou a ser dividido em loteamentos, voltados principalmente para o turismo. A partir da década de 1990, ocorre o grande impulso demográfico para a região, principalmente devido à descoberta de petróleo na Bacia de Campos e a instalação da Petrobras em Macaé. A ocupação humana desordenada, sem planejamento e obediência às legislações ambiental e urbana, aliada à apropriação não sustentável dos recursos naturais, leva ao esgotamento dos ecossistemas naturais existentes. Este artigo aborda os elementos definidores da ocupação urbana e os impactos na bacia do rio das Ostras.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Laura Monnerat Gomes
Mestre em Engenharia Ambiental pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense, IF Fluminense, Brasil. Graduada em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.
Como Citar
GOMES, M. L. M. Ocupação Urbana de Rio das Ostras: Elementos Definidores e os Impactos nos Recursos Hídricos. Boletim do Observatório Ambiental Alberto Ribeiro Lamego, v. 3, n. 2, p. 145-162, 11.
Seção
Artigos originais

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##