Empreendedor IF: desenvolvendo a cultura da inovação e do empreendedorismo no Campus Juiz de Fora

  • Elias Gabriel Magalhães Silva
  • Larissa Müller Santos
  • Raquel Fernandes Polito
  • Jefferson de Almeida Pinto Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais, Câmpus Juiz de Fora.
Palavras-chave: Mapeamento, descrição, ação, cultura empreendedora

Resumo

Trata-se de uma ação extensionista que busca possibilitar a união entre teoria e prática na criação e gerenciamento de ideias e negócios inovadores. Envolve alunos, servidores, comunidade e outras entidades parceiras. Visa agregar conhecimentos e estimular um intercâmbio de ideias entre a comunidade acadêmica, difundindo, dessa forma, a cultura da inovação e do empreendedorismo. Atua por meio de cursos, minicursos, palestras, seminários, oficinas e apresentação de “cases de sucesso”.

Biografia do Autor

Elias Gabriel Magalhães Silva
Estudante de Extensão do Projeto EmpreendedorIF 2015-2016. Graduando em Engenharia Mecatrônica pelo IF Sudeste MG – campus Juiz de Fora.
Larissa Müller Santos
Estagiária da Diretoria de Pesquisa, Inovação e Pós-graduação e da Diretoria de Extensão e Relações Comunitárias do IF Sudeste MG – campus Juiz de Fora em 2017. Graduanda em Engenharia de Produção pela Universidade Salgado de Oliveira.
Raquel Fernandes Polito
Administradora e Diretora de Extensão e Relações Comunitárias do IF Sudeste MG – campus Juiz de Fora.
Jefferson de Almeida Pinto, Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais, Câmpus Juiz de Fora.
Possui graduação, mestrado e doutorado em História. Atualmente é professor do Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais - Câmpus Juiz de Fora, associado da Associação Nacional de História e participante de projetos do Laboratório Cidade e Poder da Universidade Federal Fluminense. Tem experiência na área de História das Ideias, atuando principalmente nos seguintes temas: Ideias Políticas, Jurídicas e Sociais e suas relações com a cultura religiosa à época da reforma ultramontana, da neocristandade e neotomismo; sistemas de controle social da pobreza "válida" e "inválida" na passagem à modernidade, tal como a polícia, instituições assistenciais e educacionais.
Publicado
16-09-2020
Seção
Artigo original