Conscientização em escolas municipais sobre impactos causados pelo óleo de cozinha e sua possibilidade de reuso

  • Ketlynn Passos Alvarenga
  • Fabrício Bagli Siqueira

Resumo

Diversos países apresentam ou apresentaram dificuldades em acompanhar o desenvolvimento desenfreado das zonas urbanas devido ao crescimento populacional e a migração da população da zona rural para a zona urbana. Devido ao crescimento populacional e a precariedade da educação ambiental, o município de Campos dos Goytacazes vem apresentando problemas em relação ao descarte correto de óleo de cozinha usado. O descarte inadequado do óleo de cozinha tem a capacidade de causar impactos negativos no meio ambiente e na qualidade de vida tanto da população atual quanto a de futuras gerações. Entre os impactos podemos citar: a mudança da qualidade da água, a poluição do solo e o encarecimento dos serviços de fornecimento de água potável devida a maior dificuldade em tratar a mesma. Em vista dos impactos apresentados, o objetivo desse trabalho, realizado através do Viva Ciência em parceria com o Fundecam, foi a conscientização da população campista a fim de chamar atenção aos impactos gerados para que estes sejam minimizados e consequentemente mitigados através da melhora da educação ambiental. Foram aplicadas como metodologia de ensino a realização de aulas práticas em diversas escolas municipais de ensino fundamental de anos iniciais e/ou anos finais, fornecimento de material educativo nas escolas onde as aulas práticas foram realizadas (tirinha e passo a passo da produção), disponibilidade dos materiais em plataformas online como site e redes sociais, divulgação de informações sobre o óleo usado e a importância do reaproveitamento dele. Ao todo foram realizadas aulas práticas em sete escolas municipais de Campos dos Goytacazes e um vídeo autoexplicativo em quatro escolas municipais, totalizando quinhentos e sessenta e cinco alunos e noventa e dois responsáveis. Ao final do projeto de iniciação científica foi possível observar que o público do ensino fundamental, responsáveis e professores se mostraram inicialmente céticos em relação a produção do detergente a partir do óleo de cozinha usado até que observassem a produção do detergente e recebessem uma amostra do detergente como incentivo (pré-pandemia). O público do projeto demonstrou grande absorção do conhecimento fornecido demonstrando assim que a Educação Ambiental na escola é fundamental para a conscientização de todas as gerações e que uma simples prática pode elevar o índice de preservação dos recursos naturais.
Publicado
31-05-2021
Seção
Banner - Meio Ambiente