Ponto de coleta de óleo de cozinha usado em uma instituição de ensino: praticando educação ambiental

  • Lívia dos Santos Barreto
  • Aline Oliveira
  • Daianny Kelly Alves dos Santos
  • Daniela Gonçalves da Silva
  • Paula Cardoso Granja

Resumo

O óleo de cozinha usado é considerado um resíduo sólido e quando descartado incorretamente gera vários impactos negativos no meio ambiente. O óleo despejado em pias de cozinha, ralos e lixo comum polui corpos hídricos; impermeabiliza os solos; causa o entupimento da rede de esgoto; e, ainda, encarece o processo de tratamento das águas. Diante desse cenário, o projeto de extensão Óleo Ponto no IFF implantou um ponto de coleta de óleo de cozinha usado no campus Campos Centro do Instituto Federal Fluminense (IFF), com isso objetivou-se contribuir com a redução desse resíduo descartado incorretamente e a conservação dos recursos naturais por meio da educação ambiental. O ponto de coleta, atualmente, está disponível para estudantes, servidores e terceirizados do IFFluminense, de uma forma que esse público não precise entrar na instituição em função do isolamento social. Na primeira etapa do projeto, verificou-se o comportamento da comunidade interna do campus a repeito do tema, para isso houve a aplicação de questionários encaminhados, por e-mail, para estudantes dos cursos selecionados, servidores e terceirizados e, ainda, a realização de um trabalho de educação ambiental por meio de mídias digitais e redes sociais oficiais do IFF. Na segunda etapa, além da implantação do ponto de coleta, o trabalho de conscientização e sensibilização está sendo realizado por meio de palestras, pela divulgação da cartilha digital do projeto e a publicação em redes sociais de vídeos e posts sobre o descarte correto do óleo de cozinha e seus impactos no meio ambiente. Dessa forma, atinge-se não só a comunidade interna do IFF, como também a comunidade externa em toda região. O ponto de coleta foi inaugurado em 15 de julho de 2020 e até setembro foram coletados aproximadamente 100 litros de óleo, que foram repassados para o projeto da produção de sabão do curso Técnico em Química. Os questionários apontaram que a maior parte da comunidade interna do campus descarta o óleo de cozinha usado de forma incorreta e apenas 13% dos respondentes armazena e entrega em um ponto de coleta. Além disso, 82% afirma não conhecer um ponto de coleta de óleo de cozinha usado. Por todos os aspectos apresentados, a implantação de um ponto de coleta e o trabalho contínuo de educação ambiental, dentro e fora da instituição, gera uma rede de sensibilização e, consequentemente, a diminuição dos impactos ambientais causados pelo óleo de cozinha.
Publicado
31-05-2021
Seção
Banner - Meio Ambiente