Estudo da Precipitação Máxima Diária Anual no Estado do Rio de Janeiro

  • Matheus Gomes Tavares
  • Eliane Barbosa Santos

Resumo

O objetivo principal deste trabalho foi estimar a precipitação máxima diária anual para o Estado do Rio de Janeiro, para períodos de retorno de 2, 5, 10 e 50 anos. Foram utilizados dados diários de precipitação de 53 postos pluviométricos, referentes ao período de 1978 a 2017. Esses dados foram usados para estimar os parâmetros da distribuição generalizada de valores extremos, que foram utilizados para estimar a precipitação máxima para os períodos de retorno estabelecidos. Para avaliar a qualidade de ajuste da distribuição, foi utilizado o teste de Kolmogorov-Smirnov. De acordo com os resultados obtidos, as precipitações máximas diárias anuais mais intensas são esperadas na Baixada Litorânea e na porção leste da Região Metropolitana. Para o período de retorno de 5, 10 e 50 anos, espera-se que ocorram nessas regiões pelo menos um total diário maior que 70, 85 e 115 mm/dia, respectivamente.
Publicado
01-06-2021
Seção
Comunicação Oral - Meio Ambiente