Correlações entre Neurociência e Formação de Professores de Ciências: uma Revisão Sistemática Integrativa de Literatura

  • Priscila Dos Santos Caetano De Freitas
  • Carlos Eduardo Batista De Sousa

Resumo

Nos últimos 20 anos, houve um aumento relativamente expressivo do quantitativo de estudos científicos que aborda as contribuições da neurociência no ensino de ciências e discute o seu impacto na formação de professores. Por meio da revisão sistemática integrativa de literatura, método que reduz vieses na seleção e análise bibliométrica, são apresentados resultados parciais da pesquisa de doutorado em que será proposta uma sequência didática sobre o mecanismo da visão para professores em formação, em que foram analisadas as publicações indexadas nas bases de dados da Scielo, Scopus e Google Acadêmico, compreendidas entre 2009 a julho de 2020, a partir do uso dos termos descritores neuroscience e teaching science na língua inglesa e portuguesa. Após a adoção dos critérios de inclusão e de exclusão, foram inclusas 30 publicações, as quais foram lidas na íntegra e, em seguida, agrupadas em quatro categorias de análise: intervenção didática/ estratégias de ensino, revisão de literatura, neurociências e formação de professores e contribuições da neurociência na educação. A pesquisa revela que o quantitativo de publicações selecionadas sobre aplicação da neurociência em sala de aula e suas contribuições na educação corresponde a aproximadamente 56,7% dos estudos inclusos, tema de crescente interesse nos últimos cinco anos, principalmente no ano de 2019. Apesar da intensificação do número de publicações a respeito da temática nos últimos anos, o que revela um interesse crescente sobre a inserção do conhecimento neurocientífico na educação, a literatura sobre o tema no Brasil ainda é incipiente, o que corresponde a aproximadamente 0,5% da amostragem, indicando que constitui um campo de pesquisa muito profícuo.
Publicado
23-06-2021
Seção
Banner - Educação e Ciências Sociais