Impressão 3D de um sensor fotoacústico para a detecção de metano em baixas concentrações

  • G. R. Lima
  • E. I. Santana
  • L. Mota
  • M. G. da Silva
  • M. S. Sthel

Resumo

Neste trabalho, um sensor fotoacústico diferencial foi construído utilizando a impressão 3D em resinalíquida fotossensível, e a sua de performance foi comparada com um sensor similar de metal namedida de traços de CH4 em N2. Para o sensor impresso, foram obtidos uma sensibilidade de Simpresso= 0,97 ± 0,06 µV/ppmv, uma precisão de σimpresso = ± 0,541 ppmv e um limite de detecção deLDimpresso = 1,05 ppmv. Este trabalho mostrou que a simplicidade do processo de impressão3D, comparado à usinagem de precisão em metais, é muito promissor na fabricação desensores fotoacústicos sensíveis para aplicações que envolvem emissões de CH4 em baixasconcentrações, a partir de 1,05 ppmv.
Publicado
16-05-2022
Seção
Comunicação Oral - Meio Ambiente