LINFOSSARCOMA INTESTINAL EM UM CÃO (CANIS FAMILIARIS)

  • Mariana dos Santos Lopes
  • Carla Moreira Salavessa
  • Leonardo Serafim da Silveira
Palavras-chave: Linfoma Alimentar, Ultrassonografia, Histopatologia

Resumo

O linfossarcoma intestinal ou linfoma alimentar, consiste em uma neoplasia linfóide associada ao intestino que se consolida na parede intestinal. É caracterizado ultrassonograficamente pelo espessamento da parede intestinal, com diminuição da ecogenicidade e perda da definição das camadas. O espessamento da parede pode ser solitário ou multifocal e varia em média de 0,5 cm a 2,5 cm. Os sinais clínicos comuns são anorexia, diarréia, vômito, emagrecimento, melena. Foi atendida no setor de Ultrassonografia de Clínica Médica de Pequenos Animais do Hospital Veterinário da UENF, uma cadela de 10 meses de idade, sem raça definida, com histórico de diarréia crônica recorrente. Requisitou-se exame ultrassonográfico abdominal, que revelou espessamento focal da parede intestinal, medindo 3,5 cm de comprimento por 1,0 cm de largura, aspecto hipoecogênico e perda de definição das camadas, sugestivo de neoplasia intestinal. O tratamento instituído foi para doença inflamatória crônica, com uso de Prednisona na dose de 1mg/Kg a cada 24 horas. Após 2 meses de melhora clínica a paciente voltou a apresentar quadros diarréicos. Optou-se por laparatomia exploratória onde foi observado acometimento da maior parte das alças intestinais por lesões nodulares irregulares, sendo impossível sua extirpação. Optou-se pela eutanásia e coleta de fragmentos das lesões para histopatologia, que foram encaminhadas ao setor de Morfologia e Anatomia Patológica da UENF e processadas de acordo com o protocolo padrão do laboratório para preparo das lâminas. O resultado do exame histopatológico foi de Linfossarcoma, que corresponde à segunda neoplasia mais freqüente em intestinos de cães. O exame ultrassonográfico foi altamente indicativo de neoplasia intestinal no quadro inicial, sendo um bom meio de diagnóstico precoce da doença. A realização de coleta de material para biópsia é imprescindível para a realização do diagnóstico definitivo.