MONITORAMENTO DA VARIABILIDADE GENÉTICA ENTRE E DENTRO DE POPULAÇÕES DE MILHO EM DIFERENTES CICLOS DE SELEÇÃO RECORRENTE RECÍPROCA, VIA MARCADORES ISSR

  • Carlos Diego de Oliveira Azevedo
  • Ana Paula Cândido Gabriel Berilli
  • Messias Gonzaga Pereira
Palavras-chave: Milho, marcadores moleculares, variabilidade genética

Resumo

Este trabalho apresenta-se inserido em um programa de melhoramento de seleção recorrente recíproca que objetiva melhorar,simultaneamente,as populações de milhoCIMMYT e Piranão.Haja visto a relevância da variabilidade genética para o êxito dos programas de melhoramento,o objetivo do mesmo é monitorar a distância genética entree dentre as populações referidas, bem como entre os diferentes ciclos de seleção recorrente recíproca para então,por fim,mensurar o avanço genético entre os ciclos.O material genético é composto por 26 indivíduos selecionados ao acaso de cada população referentes ao 6º,8º e 10º ciclo de seleção recorrente.No Laboratório deMelhoramento Genético Vegetal da UENF está sendo conduzida a genotipagem,que consiste das estapas: Extração de DNA,segundo o protocolo “mini-prep” de Doyle & Doyle modificado(1987);quantificação do DNA através da revelação de gel de agarose 1% no DNR Bio-imaging systems MiniBis Pro(BioAmerica Inc.) e posterior análise noprograma Image;submetimento de 8 amostras aleatórias das populações à Reação da Polimerase em Cadeia para efetuar a triagem com cerca de 60 ‘primers’ de RAPD (Random Amplification of Polimorphic DNA)–em andamento. No presente momento, 20 ‘primers’ de RAPD foram submetidos à triagem conforme fora descrito à priori e, destes 15 ‘primers’ responderam da maneira esperada, ou seja, apresentaram marcas mais nítidas e polimórficas. Com base nos testes de ‘primers”RAPD já executados e que compõem uma parte de todo o procedimento de triagem supracitado, constatou-se que pela quantidade demarcas polimórficas apresentadas, há variabilidade genética nos diferentes ciclos de seleção recorrente.