PRODUÇÃO DE ANTICORPOS MONOCLONAIS CONTRA ANTÍGENOS DO Toxoplasma Gondii RECONHECIDOS POR IgA FECAL DE CRIANÇAS EXPOSTAS A ALTO RISCO DE CONTAMINAÇÃO PELO PARASITA

  • Beatriz Eleotéria de Moraes
  • Bianca M Mangiavacchi
  • Lílian M G Bahia Oliveira
Palavras-chave: Toxoplasma gondii, Anticorpo Monoclonal, IgA fecal

Resumo

INTRODUÇÃO:Dados epidemiológicos sobre toxoplasmose em Campos evidenciam que a prevalência da infecção na faixa etária de 0 a 4 anos é menor do que se deveria supor. Visando contribuir para o esclarecimento deste quadro temos investigado o perfil de reconhecimento de antígenos de T. gondii por anticorpos IgA presente em fezes de crianças expostas a alto risco de infecção pelo parasita e produzido anticorpos monoclonais contra tais antígenos. Os anticorpos monoclonais serão utilizados como ferramentas para auxiliar na caracterização dos antígenos em ensaios in vitro e in vivo. Os antígenos eleitos foram discriminados por meio da análise de Western blots revelados com anticorpos conjugados a peroxidase que reconheciam os anticorpos extraídos do material fecal. Camundongos estão sendo imunizados com antígenos de T. gondii e ensaios de ELISA utilizados para monitorar a resposta imunológica desses animais e selecionar os clones de hibridomas de interesse. Duas bandas provenientes do antígeno de T. gondii foram eleitas como prioritárias para serem investigados em maior detalhamento. Detalhes moleculares dessas bandas (como peso molecular e pontoisoelétrico) têm potencial para registro de patente. Esses anticorpos monoclonais serão utilizados para auxiliar na caracterização tanto bioquímica quanto biológica no curso da infecção experimental e para auxiliar, no seu isolamento em maior quantidade a partir de extratos antigênicos do T. gondii.