PROJETO: AVALIAÇÃO DOS ADESIVOS N-BUTIL CIANOACRILATO E ETIL-CIANOACRILATO NA HEMOSTASIA ESPLÊNICA EM RATOS WISTAR: MODELO EXPERIMENTAL

  • Graziela Rangel Silveira
  • Márcia Cristina da Cruz
  • Edmundo Jorge Abílio
Palavras-chave: Baço, Laparotomia Mediana, Adesivos Cirúrgicos

Resumo

Em órgãos altamente vascularizados como o baço a escolha de um agente eficaz de hemostasia tópica é de grande valia. Os adesivos cirúrgicos são uma alternativa às suturas convencionais tendo vantagens como a facilidade técnica de aplicação, diminuição do período trans operatório e controle efetivo de hemorragias, evitando a exérese radical do órgão, sobretudo nas lesões traumáticas. Dezoito Ratos Wistar pesando aproximadamente 400g serão usados estudo, que está sendo conduzido no Hospital Veterinário da UENF. Sob anestesia geral o baço é exposto através de laparotomia mediana, e então uma ferida é criada no órgão. No grupo A apenas a compressão digital por um minuto é aplicada sobre a ferida, no grupo B após compressão digital o adesivo de etil-cianoacrilato (Super-Bond) é aplicado à ferida, e no grupo C o adesivo de n-butil-cianoacrilato (Vet-Bond) é aplicado à ferida. A eficiência dos métodos no controle completo ou parcial da hemorragia, bem como a facilidade de aplicação serão comparados entre os grupos. Em seguida baço será analisado histologicamente. Até o presente momento foram operados seis animais, e os resultados, embora bastante preliminares, apontam para uma maior facilidade em controlar a hemorragia nos grupos B e C.
Publicado
03-03-2011