SUPLEMENTAÇÃO ENERGÉTICA E ALOMETRIA DE COMPONENTES DA CARCAÇA DE NOVILHOS A PASTO

  • Bruna Junger Santos
  • Carlos Augusto de Alencar Fontes
  • Renata Soares Tavares Silva
Palavras-chave: Abate, Qualidade da carne, Pastagens tropicais

Resumo

Animais a pasto, em razão do consumo de energia relativamente baixo, geralmente são abatidos com idades mais avançadas e apresentam carcaças de menor qualidade. A suplementação protéico-energética poderia incrementar a taxa de ganho desses animais, proporcionando carcaças de melhor qualidade. Nesse trabalho será avaliado o crescimento da área de olho-de-lombo e a deposição de gordura subcutânea de novilhos criados a pasto submetidos a dois níveis de suplementação protéico-energética. O experimento será conduzido em área de 9,0 ha cultivada com capim-mombaça (Panicum maximum cv. Mombaça). Serão  utilizados 36 novilhos mestiços ½ Europeu- Nelore dispostos em dois tratamentos: 1) ausência de suplementação; 2) suplementação protéico-energética. No início do período experimental e ao fim de cada ciclo de pastejo, os animais serão pesados e, em seguida, serão medidas a área de olho-de-lombo (cm²) e a espessura de gordura (mm) na região entre a 12ª e 13ª costelas por meio de ultrassonografia. Serão ajustadas equações alométricas linearizadas visando descrever e comparar o padrão de crescimento desses componentes, com o aumento de peso corporal, nos dois níveis de suplementação. O projeto encontra-se em fase inicial, não havendo resultados. Espera-se que a suplementação proporcione carcaças maiores e de melhor qualidade.