SUPLEMENTAÇÃO ENERGÉTICA E EFICIÊNCIA DA SÍNTESE MICROBIANA EM NOVILHOS A PASTO

  • Laila Cecília Ramos Bendia
  • Carlos Augusto de Fontes
  • Elizabeth Fonsêca Processi
Palavras-chave: energia, pastagens tropicais, perdas urinárias

Resumo

A expansão de lavouras sobre as áreas de pastagens e a crescente preocupação por práticas ambientalmente corretas têm levado à intensificação dos sistemas de produção a pasto. A concentração de energia da forragem seria o primeiro limitante ao desempenho animal, assim asuplementação energética seria uma alternativa. Objetiva-se com este trabalho avaliar o efeito da suplementação energética sobre a eficiência de síntese microbiana e as perdas urinárias de nitrogênio e energia de novilhos mantidos a pasto. O experimento será conduzido em uma área de 9 ha cultivada com capim-mombaça. Serão utilizados 36 novilhos ½Nelore-Europeu, que serão avaliados em dois níveis de suplementação: 1) ausência de suplementação; 2) suplementação protéico-energética. Serão coletadas amostras spot de urina dos animais para análises dos teores de energia, creatinina e derivados da purina. A partir da concentração de creatinina será estimado o volume de urina excretado diariamente. Conhecendo-se o último, a absorção intestinal de purinas será estimada com base na relação entre a excreção dos derivados de purina e o peso metabólico. A síntese microbiana será estimada em função das purinas microbianas absorvidas. O projeto encontra-se em fase inicial, não apresentando resultados, como previsto pelo cronograma de atividades. No entanto, espera-se que a suplementação energética potencialize a fermentação ruminal, equilibrando a relação proteína/energia e elevando o desempenho dos animais a pasto.