TOXICIDADE DO TEGUMENTO DE SEMENTES PARA INSETOS

  • Mariana R. Fernandes
  • Jamile G. Conceição
  • Antonia Elenir A. Oliveira
Palavras-chave: tegumento de sementes, Callosobruchus maculatus, proteínas tóxicas

Resumo

A agricultura tem sofrido redução na produtividade de grãos devido o ataque de pestes, o que compromete seus valores comercial e nutricional. O inseto Callosobruchus maculatus é principal praga de sementes de Vigna, entretanto algumas sementes apresentam resistência natural ao ataque desse bruquideo. Desta forma o objetivo geral desse projeto é comprovar a participação de compostos químicos dos tegumentos nos mecanismos de defesa das sementes contra o ataque de insetos. Proteínas das farinhas dos tegumentos de sementes de Phaseolus vulgaris (cv. Manteiga) e Glycine max (soja) foram extraídas com tampão fosfato de sódio 100mM , NaCl 500mM, pH 7,6 e concentradas por precipitação de 0-90% com sulfato de amonia. As proteínas foram fracionadas por cromatografias de troca iônica em coluna de DEAE-sepharose ou afinidade em coluna de quitina. O perfil protéico foi visualizado por eletroforese em gel de poliacrilamida e a atividade tóxica para o inseto foi analisada através de sementes artificiais. Os níveis de proteínas foram analisados por Bradford e as dosagens dequitinase foram feitas por Dot blot e ensaios de ELISA. Tegumentos de sementes de Glycine max e Phaseolus vulgaris interferiram no desenvolvimento das larvas de C.maculatus e em ambas as sementes forma detectadas proteínas tóxicas para os insetos nesses tecidos. As proteínas do tegumento de Phaseolus vulgaris (cv. Manteiga) foram isoladas por cromatografia de DEAE-sepharose e observamos proteínas não retidas e retidas na resina. Algumas dessas proteínas influenciaram negativamente o desenvolvimento das larvas do inseto. Proteínas do tipo quitinase foram detectadas em 7 cultivares de sementes de soja. Essas proteínas também foram tóxicas para o inseto C. maculatus. Esses resultados mostram que os tegumentos de sementes possuem proteínas tóxicas para o inseto Callosobruchus maculatus.

Biografia do Autor

Jamile G. Conceição
Mariana R. Fernandes, Jamile G. Conceição e 
Antonia Elenir A. Oliveira
LQFPP, Centro de Biociências e Biotecnologia, Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro