TRIOSE FOSFATO ISOMERASE: UM ALVO PARA O CONTROLE DO CARRAPATO R. Microplus

  • Luiz Saramago
  • Jorge Moraes
  • Carlos Logullo
Palavras-chave: Triose fosfato isomerase, Rhipicephalus microplus, desenho de drogas

Resumo

O carrapato bovino Rhipicephalus microplus é um parasita hematófago que causas diversos danos econômicos ao redor do mundo. Eles também transmitem patógenospara humanos e outros animais. Triose fosfato isomerase (TIM) é uma enzima da via glicolítica que cataliza a interconversão de dihidroxiacetonafosfato a gliceraldeido 3 - fosfato. Está enzima é cataliticamente ativa na forma de homodímero e é um potencial alvo para o desenho racional de drogas. Agentes que reagem com grupamentos sulfidrilcomo o acido 5,5´-dithio-bis2-nitrobenzoico (DTNB) e metilmetano tiosulfanato (MMTS) foram usados para testar se as regiões próximas as aos resíduos de cisteínas da TIM recombinante de R. microplus possam ser alvos potencias para perturbação da estrutura ou atividade. O espectro de Fluorescência intrínseca foi acompanhado napresença e ausência destes compostos. Os resultados mostraram que a intensidade da fluorescência decai na presença de ambos agentes. A atividade da RmTIM foi também medida na presença de diferentes concentrações de H2O2 para avaliar a susceptibilidade da oxidação de aminoácidos. Adicionalmente, a atividade da RmTIM foi medida em ovário, corpo gorduroso e intestino de carrapatas completamente ingurgitadas (teleóginas) na presença e na ausência de anticorpos monoclonais contra a RmTIM (mAb1G5 and mAb2D4). Uma redução muito significativa da atividade da RmTIM nesses órgãos foi detectada nos testes realizados com mAb2D4 e mAb1G5. Esses anticorpos também foram eficientes para reduzir a viabilidade da cultura de células embrionárias dos carrapatos (BME26) quando adicionados no meio de cultura. Com o conjunto de dados é possível sugerir que RmTIM é um bom alvo para desenho de drogas e candidata para vacinação , como um método alternativo de controle do R. microplus.

Biografia do Autor

Luiz Saramago
LQFPP-CBB-UENF
Jorge Moraes
 Instituto de Bioquímica Médica-IBqM-UFRJ/Macaé.
Carlos Logullo
LQFPP-CBB-UENF