BIOATIVIDADE DE COMPOSTOS NÃO CONVENCIONAIS SOBRE FUNGOS SUPERFICIAIS DE IMPORTÂNCIA ZOONÓTICA ISOLADOS NA ROTINA LABORATORIAL

Autores

  • Fernanda Eni Ferraz Ribeiro
  • Luciana S. Mathias
  • Marcella Braga da Silva
  • Luis C. Passoni
  • Olney Vieira-da-Motta

Palavras-chave:

fungos dermatofíticos, compostos bioativos, Malassezia pachydermatis

Resumo

Na prática da clínica veterinária os problemas dermatológicos estão entre os mais importantes, com relevância para alguns fungos dermatofíticos dos gêneros Microsporum e Trichophyton. Outra micose cutânea importante na área animal é a malassezíase, causada pela levedura Malassezia pachydermatis. Este estudo visa testar diferentes compostos bioativos sobre estes fungos, além da realização do teste de eficácia do produto comercial Dermatobac® para o isolamento de fungos dermatofíticos.M. pachydermatis (cepa clínica) foi cultivada em caldo Sabouraud na presença de 4 compostos sintéticos (Heteropoliácidos), Itraconazol (controle positivo) e ác. HPA (controle negativo). Após incubação a 37º C, seu crescimento foi monitorado. O grau de turbidez do meio foi registrado por curvas de crescimento de cada tratamento e comparado aos controles. Paralelamente, as leveduras M. pachydermatis e M. furfur (ATCC44343) e o fungo dermatofítico Microsporum canis (ATCC40045), foram cultivados em agar Sabouraud e observado o grau de inibição dos compostos por meio de difusão em agar. Após incubação das placas, os diâmetros dos halos de inibição foram medidos com o auxílio de um paquímetro.Em ensaio de inibição em meio líquido com M. pachydermatis observou-se que, na concentração de 0,28µM/mL, os HPAs Ag3[PMo12O40] e Ag4[SiW12O40] exibiram efeito inibitório. Já na concentração de 0,56µM/mL, os HPAs anteriormente citados e o Ag3[PW12O40] apresentaram efeito inibitório quando comparados aos controles. Nos testes de difusão em agar, os HPAs nas concentrações 0,28µM/mL e 0,56µM/mL, Ag3[PMo12O40], Ag3[PW12O40] e Ag4[SiW10V2O40] formaram discreto halo de inibição. Nos demais fungos testados, os primeiros testes com HPAs não mostraram efeito inibitório em nenhuma das duas concentrações.Os resultados preliminares apontam para o potencial antifúngico dos produtos testados sobre a levedura M. pachydermatis. Nos demais fungos, concentrações maiores dos mesmos Heteropoliácidos utilizados e outros compostos serão testados futuramente.

Biografia do Autor

Fernanda Eni Ferraz Ribeiro

Fernanda eni  ferraz ribeiro . Luciana s. Mathias; marcella braga da silva; luis c. Passoni; olney vieira-da-motta.