ANATOMOPATOLOGIA DE EMAS (RHEA AMERICANA): SUBSÍDIOS À UMA PECUÁRIA ALTERNATIVA PARA O PRODUTOR RURAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO.

Autores

  • Rachel Bittencourt Ribeiro
  • Luciano Grillo de Almeida
  • Eulógio Carlos Queiróz de Carvalho

Palavras-chave:

Ema, Produção, Patologia

Resumo

O projeto contempla a patologia especial das enfermidades naturais das emas visando melhorar qualitativa e quantitativamente a produtividade, que vem se tornando uma alternativa no Brasil e tem despertado o interesse devido à boa qualidade dos produtos oriundos destes animais. Pretende-se formar recursos humanos aptos a trabalhar com estes animais, além de gerar conhecimento sobre a produção e suas principais enfermidades no Brasil.O experimento, no entanto, não pode ser realizado como previsto devido a um atraso nas construções das instalações que abrigarão os animais e, também, devido à falta de animais em criações naturais. Contudo, foram necropsiadas três emas de vida livre que vieram a óbito naturalmente e foram colhidas amostras das vísceras ou outros tecidos necessários ao diagnóstico da causa mortis ou, até mesmo, como de interesse didático. Para a histopatologia, realizada no setor de Anatomia Patológica, do LMPA do H.Vet./UENF, as amostras foram fixadas em formalina neutra tamponada a 10%, processado por inclusão em parafina, cortadas em seções de 5-6µm de espessura e coradas pela hematoxilina e eosina.À inspeção macroscópica nada revelou. Na microscopia, a ema 7231/09, mostrou distúrbios congestivos nos SNC, nos septos pulmonares e sinais de pneumonia granulomatosa tipo corpo estranho por fibra vegetal. A traquéia exibiu segmentos com estratificação (metaplasia córnea). O fígado revelou tumefação turva e discreta hemossiderose, assim como o baço. A ema 7250/09 mostrou nos pulmões, coração, fígado, rins e intestinos um processo congestivo, associado a formações bacilíferas filamentosas, correspondentes a fase putrefativa do cadáver. A anatomopatologia destas emas permitiu a eliminação de enfermidades comuns (enzoóticas). A ema 7251/09 não se prestou devido ao adiantado estado de autólise.Os procedimentos efetuados, em se tratando de animais pouco conhecidos e estudados reuniram conhecimentos e prática de exercício das técnicas em geral para o enriquecimento técnico-científico, tais como: a histotécnica de rotina de diagnóstico histopatológico, a imunoistoquímica, além de outros.

Biografia do Autor

Luciano Grillo de Almeida