COMPARAÇÃO DE MÉTODOS PARA A EXTRAÇÃO DE PIGMENTOS FOTOSSINTÉTICOS COM A UTILIZAÇÃO DE DIFERENTES SOLVENTES ORGÂNICOS

Autores

  • TATIANE DE OLIVEIRA VIEIRA
  • ELIS IANA BERNARDES PINHO
  • DOUGLAS RODRIGUES RIBEIRO
  • FREDERICO LAGE PINTO
  • ANGELA PIERRE VITÓRIA

Palavras-chave:

Pigmentos foliares, solventes, extração

Resumo

As clorofilas a e b e os carotenóides são os pigmentos responsáveis pela conversão de energia luminosa em energia química, estando relacionados à eficiência fotossintética das plantas. Em função da sua importância na fisiologia da planta, torna-se necessário a obtenção de um método que agregue extração e conservação máxima dos mesmos. Deste modo objetivou-se testar diferentes metodologias com diferentes tipos de solventes para avaliar a eficiência de extração de pigmentos fotossintéticos.Discos foliares de Eritrina sp. (Fabaceae) foram retirados e submetidos a três tipos de solventes orgânicos (DMSO, Etanol 96% e Metanol) utilizando-se três diferentes metodologias (1- extração à temperatura ambiente por 5 dias; 2- extração por aquecimento em banho maria por 20 minutos; 3- extração por aquecimento em banho maria por 20 minutos e espera de 5 dias em temperatura ambiente). O extrato obtido foi submetido à leitura por espectrofotometria nos comprimentos de onda 480, 649 e 665 nm.Os resultados obtidos mostraram que o solvente mais eficiente na extração dos pigmentos quando se utilizou o método 1 foi o DMSO (médias: clo a = 7,33 nmol.cm-2, clo b = 1,98 nmol.cm-2 e carotenóide = 1,13 nmol.cm-2) enquanto para os métodos 2 e 3 o solvente mais eficiente foi o metanol (médias: clo a = 7,65 e 7,84 nmol.cm-2, clo b = 3,22 e 3,35 nmol.cm-2 e carotenóide = 1,27 e 1,15 nmol.cm-2 , respectivamente). Frente aos dados obtidos, a utilização do método 1 com DMSO foi a que mais se ajustou as nossas necessidades de coleta de materiais no campo e posterior análise, além de ser a maneira mais simples de obter os dados.Assim, embora o metanol tenha apresentado uma média de extração superior ao DMSO nos métodos 2 e 3, os valores obtidos com DMSO no método 1 são bastante satisfatórios e se adéquam ao nosso tipo de necessidade metodológica, coleta de materiais em estações ecológicas distantes da UENF.

Biografia do Autor

DOUGLAS RODRIGUES RIBEIRO

Publicado

28-03-2012