POLIAMINAS COMO MODULADORES DA EMBRIOGÊNESE SOMÁTICA DE Araucaria angustifolia

Autores

  • Nathalia Torres Dutra
  • L. R. Gomes Neto
  • I. G. Azevedo
  • Vanildo Silveira
  • Claudete Santa Catarina

Palavras-chave:

evolução morfogenética, sinalização celular, bombas de prótons

Resumo

Poliaminas (PAs) são compostos policatiônicos envolvidos em vários processos decrescimento e desenvolvimento vegetal. Estudos recentes revelaram um requerimento das PAs naembriogênese zigótica e somática. O objetivo desse trabalho foi analisar o efeito das PAs Putrescina(Put), Espermidina (Spd) e Espermina (Spm) e do inibidor da síntese de Spd e Spm, metilglioxalbis-guanilhidrazone (MGBG), na modulação da embriogênese somática de A. angustifoliaavaliando o crescimento, morfologia, níveis endógenos de PAs e atividade das bombas de prótons,após 24 horas e 21 dias de incubação. Verificou-se respostas diferenciadas entre os tratamentos comPAs, as quais alteram a morfologia e crescimento das culturas, possivelmente pela modulação dosníveis endógenos de PAs e atividade das bombas de prótons. Os resultados sugerem que Put estárelacionada com a proliferação celular, enquanto Spd e Spm com a evolução morfogenética dasculturas, sendo o efeito observado com 24 horas de incubação e mantido ao longo do crescimento(21 dias). Sugere-se que as PAs atuam em aspectos bioquímicos relacionados com sinalizaçãocelular e modulam o desenvolvimento das culturas embriogênicas de A. angustifolia.

Biografia do Autor

Nathalia Torres Dutra

UENF/Laboratório de Biologia Celular e Tecidual

L. R. Gomes Neto

UENF/Laboratório de Biologia Celular e Tecidual,

I. G. Azevedo

UENF/Laboratório de Biologia Celular e Tecidual

Vanildo Silveira

UENF/Laboratório de Biotecnologia

Claudete Santa Catarina

UENF/Laboratório de Biologia Celular e Tecidual

Downloads