ULTRAESTRUTURA DOS COLÉTERES ESTIPULARES E COMPOSIÇÃO QUÍMICA DA SECREÇÃO EM Alseis pickelli PILGER ET SHMALE (RUBIACEAE)

Autores

  • Cristiani Ferrante Tullii
  • E. C. Miguel
  • M. Da Cunha

Palavras-chave:

Histoquímica, estípula, estrutura secretora

Resumo

Alseis pickelli é uma espécie pertencente à família Rubiaceae e possui estípulas nos seusápices caulinares. Na superfície adaxial dessas estruturas são notadas estruturas secretorasdenominadas coléteres. Neste trabalho foram investigados a ultraestrutura e histoquímica doscoléteres de A. pickelli. Ápices caulinares foram coletados na Estação Ecológica de Guaxindiba eprocessados de acordo com técnicas usuais para microscopia. Para estudos histoquímicos, secçõesdas amostras foram submetidas a diferentes reagentes. Os coléteres em questão foram separados emtrês fases de desenvolvimento, definidas por mudanças em sua ultraestrutura. A secreção écomposta principalmente de mucilagem, substâncias lipofílicas e proteínas. O estágio inicial jáapresenta características de células secretoras com citoplasma denso, núcleo conspícuo, retículoendoplasmático rugoso bem desenvolvido. No estágio intermediário, tais características continuamevidentes, com a presença marcante de retículo endoplasmático liso e rugoso e complexo de Golgihipertróficos. No estágio tardio, as células exibem características de senescência com citoplasmaretraído e organelas não individualizáveis.

Biografia do Autor

Cristiani Ferrante Tullii

UENF/Laboratório de Biologia Celular e Tecidual

E. C. Miguel

UENF/ Laboratório de Biologia Celular e Tecidual

M. Da Cunha

UENF/ Laboratório de Biologia Celular e Tecidual

Downloads