REFLEXOS DA MÁ QUALIDADE DE SONO NO COTIDIANO ESCOLAR

Autores

  • Nathália Monteiro Andraus
  • S. B. Joffily

Palavras-chave:

Condições habitacionais, rendimento escolar e sono

Resumo

Sabe-se que a sonolência diurna, decorrente da má qualidade e da pouca quantidade de sononoturno, apesar do desconhecimento dos educadores, apresenta-se como um dos principais fatoresresponsáveis pelo baixo rendimento escolar. Isto ocorre porque o sono noturno desempenha umpapel fundamental na fixação das memórias, conseqüentemente na aprendizagem. Diversos fatoresinfluenciam a consolidação e a manutenção do estado de sono saudável, dentre eles destacam-se:ruídos, luminosidade e temperatura, fatores que estão diretamente relacionados às condiçõeshabitacionais do sujeito. Deste modo, a presente pesquisa busca estabelecer uma análisecomparativa entre qualidade de sono de estudantes de dez e onze anos de idade cronológica, deambos os sexos, cursando o 5º ano do ensino fundamental do turno diurno das redes pública eprivada de ensino do município de Macaé, com o desempenho escolar e a condição habitacional dosmesmos.

Biografia do Autor

Nathália Monteiro Andraus

UENF/Laboratório de Cognição e Linguagem

S. B. Joffily

UENF/Laboratório de Cognição e linguagem

Downloads