O USO DO BLOCO DE SOLO-CIMENTO COMO ALTERNATIVA NA CONSTRUÇÃO DE CASAS POPULARES

  • Maria Nathalia De Freitas Pries UENF
  • Jonas Alexandre UENF
Palavras-chave: Solo-cimento, Bloco. Caracterização,

Resumo

Este trabalho tem por objetivo estudar a viabilidade do uso do solo do Município de Campos dos Goytacazes na produção de blocos de solo-cimento, através da caracterização tecnológica destes materiais e as possíveis modificações que estes poderiam vir a sofrer quando expostos a condições intempéricas.A retirada do solo para moldagem dos blocos e análises químicas e físicas foi realizada de acordo com a metodologia da EMBRAPA. A coleta foi realizada em dois pontos distintos do município de Campos dos Goytacazes: BR 101 Sul Km-78 e BR 101 Norte Km-42. Foram realizados os seguintes ensaios: Determinação do Limite de Liquidez dos solos (NBR-6459); Determinação do Limite de Plasticidade dos solos (NBR-7180); Determinação da umidade dos solos (NBR-6457); Análise Granulométrica dos solos (NBR-7181) e EDX. Após a verificação dos resultados, foi possível a confecção dos blocos através de prensagem manual.Os solos estudados, BR 101 Sul Km-78 e BR 101 Norte Km-42, possuem as seguintes características, respectivamente: Limite de liquidez: 36,0% e 33,2% Índice de plasticidade: 13,7% e 15,3% De acordo com a Norma NBR-10832, o solo deve atender às seguintes características: % passando na peneira 4,8 mm (nº4) (NBR-5734) 100% % passando na peneira 0,075 mm (nº200) (NBR-5734) 10% a 50% Limite de liquidez ? 45% Índice de plasticidade ? 18% Como podem ser observados, os solos atendem ao limite de liquidez e índice de plasticidade.Através das análises químicas feitas com aparelho de fluorescência de raios-X de energia dispersiva podem mostrar que os solos possuem composições parecidas. Os limites de liquidez, índices de plasticidades e granulometria mostraram que os solos eram adequados para a confecção dos blocos.
Publicado
11-03-2013