CARACTERÍSTICAS DA SUPERFÍCIE FOLIAR DAS PLANTAS MEDICINAIS BOLDO GAMBÁ E BOLDO MIÚDO

  • Bruna De Melo Reis UENF
  • Gloria Cristina Da Silva Lemos UENF
  • Silvério De Paiva Freitas UENF
Palavras-chave: Boldo, Plectranthus, Planta medicinal,

Resumo

Plectranthus neochilus (boldo-gambá) e Plectranthus ornatus (boldo miúdo) tem amplo uso medicinal popular no Brasil, embora sem estudos agro-farmacológicos mínimos suficientes para sua exploração. Como informações de botânica aplicada à produção vegetal são fundamentais para seleção de espécies e, ou método de manejo, objetivou-se caracterizar comparativamente as superfícies foliares dessas espécies.Cortes transversais foram obtidos, manualmente, de folhas frescas de boldo gambá e miúdo, obtidas na Unidade de Apoio à Pesquisa da UENF, Campos dos Goytacazes, então submetidos à descoloração em solução de hipoclorito a vinte por cento, por quinze minutos, para análise de anexos. Para superfície da epiderme utilizou-se o método de esmalte. As imagens foram capturadas com objetivas de quarenta ou cem vezes em microscópio ótico e programa ProScope HR.As espécies apresentam folhas com células epidérmicas de contorno sinuoso, tricomas não glandulares, capitados e glandulares em ambas as superfícies, sendo anfiestomáticas, com estômatos diácitos, embora anomocíticos também sejam citados em P. ornatus. Os tricomas produzem óleo essencial que se acumula entre a cutícula e a parede celular, cujos capitados diferenciam-se dos glandulares pela presença de pedúnculo unicelular. Os resultados confirmam a ocorrência de tricomas de diversos tipos como característica marcante da família Lamiaceae (Labiatae), e a melhor caracterização da sua distribuição poderá contribuir para a morfo-diagnose das espécies.As espécies não se distinguem pelas características da superfície foliar.
Publicado
12-03-2013