ASPECTOS MORFOLÓGICOS E BIOQUÍMICOS DA EMBRIOGÊNESE SOMÁTICA EM ARAUCARIA ANGUSTIFOLIA.

  • Carolina Oliveira Lemos UENF
  • Jackellinne Caetano Douétts Peres UENF
  • Vanildo Silveira UENF
  • Marco Antonio Lopes Cruz UENF
  • Claudete Santa-Catarina UENF
Palavras-chave: Araucaria angustifolia, Embriogênese somática,

Resumo

Araucaria angustifolia ou pinheiro brasileiro é a única conífera nativa com importância econômica. Estudos visando o aprimoramento de técnicas de propagação são imprescindíveis para a manutenção da espécie e dos recursos que ela representa. O objetivo deste trabalho é estudar o efeito do óxido nítrico(NO), poliaminas(PAs) e inibidores do ciclo de divisão celular sobre a morfologia, crescimento e metabolismo endógeno de carboidratos em culturas embriogênicas de A. angustifolia.As culturas embriogênicas de A. angustifolia são conservadas no LBCT-CBB/UENF, em meio de cultura MSG líquido, suplementado com 30 g/L de sacarose, sem reguladores de crescimento vegetal, em agitador horizontal orbital (50 rpm) à temperatura de 25±2ºC, no escuro. Futuramente será feito o estudo do efeito das PAs, NO e inibidores do ciclo de divisão celular no crescimento, morfologia, e metabolismo endógeno de açúcares solúveis, por meio da suplementação do meio MSG com diferentes concentrações destes compostos. Serão realizadas análises morfológicas das culturas nos diferentes tratamentos por microscopia de fluorescência, e análises bioquímicas do conteúdo endógeno de carboidratos por HPLC.O experimento encontra-se em implantação, e espera-se obter resultados que relacionam o metabolismo de PAs, NO e carboidratos durante a embriogênese somática em A. angustifolia.Pretende-se conhecer o papel do NO, PAs e carboidratos no desenvolvimento da embriogênese somática nesta espécie.
Publicado
14-03-2013