ESTUDO EXPERIMENTQAL DO COMPORTAMENTO DA BARRA-GEM DE ENROCAMENTO COM NÚCLEO ASFÁLTICO

  • Paola Machado Barreto Manhães UENF
  • Aldo Durand Farfán UENF
Palavras-chave: Barragem, Núcleo asfáltico, Enrocamento,

Resumo

O presente trabalho busca estudar o comportamento de barragens de enrocamento de núcleo asfáltico, através da simulação experimental em Centrífuga Geotécnica, como parte do Projeto de Pesquisa: Análise Numérica da Barragem de Enrocamento com Núcleo Asfáltico.A elaboração do modelo experimental da barragem de enrocamento será baseada na geometria e dimensões do enrocamento informados pelo Consorcio Energético Foz do Chapecó. Este modelo de pequena escala será construída conforme a redução de escala definida no Plano de Trabalho. A simulação da construção da barragem compreenderá quatro camadas tanto no núcleo como no enrocamento, buscando entender recalques produzidos e a distribuição de tensões no corpo da barragem.A princípio definimos as dimensões baseadas na escala definida no Plano de Trabalho, a partir daí passamos a pensar separadamente em cada material a ser usado no modelo reduzido. Primeiramente analisamos a brita, fizemos ensaios para verificar a qualidade de fissuras existentes nela, que será usada como enrocamento no modelo, e vimos que o material não necessitará sofrer um choque térmico, mas apenas o aquecimento e resfriamento lento para fragilizá-lo, tornando-o mais próximo do modelo real. Após esses procedimentos, realizamos ensaios de cisalhamento direto para análise do comportamento do novo material produzido pela queima e a resistência termomecânica do conjunto asfalto-brita.Constatamos que o choque térmico na brita é um procedimento severo por produzir a quebra do material. Concluímos também que a resistência ao cisalhamento da superfície asfalto-brita é elevada quando há exposição do conjunto à temperatura, comprovando que a interação entre os materiais é essencial.
Publicado
26-03-2013