DEDERMINÇÃO DOS TEORES DE CURCINA EM DIVERSOS ACESSOS DE PINHÃO MANSO

  • Rafael Correia da Silva Jorge Instituto Federal Fluminense
  • Olga Lima Tavares Machado Instituto Federal Fluminense
  • Keysson Vieira fernandes Instituto Federal Fluminense
Palavras-chave: curcina, pinhão manso, extração

Resumo

Dentre as oleaginosas para a produção de biodiesel no Brasil está o pinhão manso. As sementes de pinhão manso são uma boa fonte de óleo, o qual pode ser usado na produção de biodiesel. O óleo de pinhão manso é utilizado também na indústria. O farelo residual da extração de óleo tem um alto teor protéico, podendo, depois de um processo de eliminação das toxinas, ser utilizado na suplementação de ração animal. A curcina é uma potente fitotoxina e a pesquisa baseia-se na sua identificação. As sementes foram fornecidas pela EMBRAPA AGRONOMIA, Brasil. As sementes foram lavadas e embebidas em tampão fosfato salino (PBS) pH 7,0; trituradas e a mistura foi mantida em agitação por 3 horas à 4ºC para a extração das proteínas. Após a extração, a solução foi centrifugada por 20 minutos a 12.000 rpm. O sobrenadante foi coletado. Foi feita uma precipitação de proteínas com sulfato de amônio 0-60%. Nova centrifugação e o pellet foi então resuspendido. As proteínas foram estimadas pelo método de Bradford (1976). Foi feita cromatografia de exclusão molecular em Sephadex G-100. As frações coletadas da exclusão molecular foram analisadas em SDS-PAGE 12% (LAEMMLI, 1970). Através da dosagem pelo estimamos a concertação de proteínas nos extrato precipitado com sulfato de amônio e no sobrenadante após a precipitação. O padrão foi obtido com concentrações crescentes de ovalbumina. O precipitado contem a maior concentração de proteínas. Após coletar as frações eluídas da filtração em gel, foi feita a leitura em um T70 UV/VIS Spectrometer com absorvância de 280 nm. Foram isoladas 3 frações. Cada uma delas foram analizadas por eletroforese. Observamos então que a F2 possuía uma banda majoritária com massa molecular semelhante à curcina (28 kDa). Esta fração foi então concentrada em liofilizador e a banda observada será sequenciada pelo método de Edman. Concluímos que a metodologia empregada para obtenção da curcina foi eficiente e vários aspectos e podemos adotar como padrão para extração da proteína. Mais tarde buscaremos otimizar o processo e com as técnicas novas e as já usadas podemos ter a curcina com um maior grau de pureza.
Publicado
02-04-2013