CONSUMO MUSICAL E RELIGIOSIDADE – DINÂMICAS DA VIDA CONTEMPORÂNEA

  • Paula Cruz Pimentel
  • Márcia Leitão Pinheiro
Palavras-chave: Música, Religiosidade, Identidade

Resumo

A pesquisa objetiva discutir o consumo musical e a dinâmica religiosa na sociedade atual. Ela é desenvolvida na cidade de Campos dos Goytacazes, estado do RJ, contando com a presença de grupos religiosos, que têm relação direta com as apresentações musicais na cidade. Citamos o protagonismo de católicos e protestantes e a contribuição de comerciantes e políticos. Isso integra uma cena musical e religiosa, proporcionando um entendimento da relação estabelecida com as áreas públicas da cidade. A pesquisa iniciou com levantamento bibliográfico e em seguida foi realizada o mapeamento dos eventos. Para isso, recorremos às informações na internet e aquelas divulgadas pela mídia local. A fase seguinte foi a observação participante - que permite atingir dimensões não evidenciadas nos momentos de interlocução -, e a entrevista em profundidade - que proporciona acesso às elaborações mais complexas daqueles envolvidos com as atividades em questão. As entrevistas realizadas com os ouvintes de eventos musicais, com os grupos religiosos e com os políticos da cidade - especificamente aqueles que apoiam ou estão envolvidos com organização dos encontros ocorridos nas áreas públicas da cidade. A metodologia adotada constatou a significativa ligação entre os eventos musicais religiosos e a política da cidade de Campos dos Goytacazes. Considerando o estágio da investigação, colocamos que a divulgação das ações efetivadas pelo Executivo e por membros do Legislativo possibilita, relacionando ainda os depoimentos daqueles ligados ao campo da política, indagar: os eventos musicais promovem específica interação entres os membros desses poderes e a população? Os eventos podem ser vistos como oportunidade de lazer para a população? Contribuem ainda para agregar diferentes tipos de públicos - evidenciando a relação que estes indivíduos estabelecem com a cidade e, principalmente, entre si? A pesquisa demonstrou a dinâmica religiosa e, para tanto, entendemos que os eventos expressam diálogos e evidencia a proximidade entre a esfera religiosa e outras instâncias como a política e o lazer, que permite investigar as formas de sociabilidade e a construção de uma cultura identitária.
Publicado
05-04-2013