AVALIAÇÃO DA VARIABILIDADE GENÉTICA ENTRE E DENTRO DE POPULAÇÕES DE MILHO EM DIFERENTES CICLOS DE SELEÇÃO RECORRENTE RECÍPROCA VIA MARCADORES ISSR.

  • Carlos Diego de Oliveira Azevedo
  • Ana Paula Cândido Gabriel
  • Roberto dos Santos Trindade
  • Messias Gonzaga Pereira
Palavras-chave: Zea Mays L., Marcadores moleculares, Variabilidade genética

Resumo

A estimação da variabilidade genética no melhoramento de plantas possibilita a seleção de genótipos divergentes, que, quando cruzados entre si, resultam em indivíduos superiores, com elevada heterose. Objetivou-se neste trabalho monitorar a distância genética entre e dentro das populações milho comum (Zea mays L.) CIMMYT e Piranão do 6º, 8º e 10º ciclos de seleção recorrente recíproca via marcadores ISSR (Inter Simple Sequence Repeated), e avaliar o efeito da divergência no progresso genético en No 6º, 8º e 10º ciclos de Seleção Recorrente Recíproca, foram selecionados aleatoriamente 26 genótipos de milho comum em cada uma das populações em seleção (CIMMYT e Piranão). Estes indivíduos foram “genotipados” via marcadores ISSR, conforme as seguintes etapas: Extração de DNA pelo protocolo “mini-prep” de Doyle & Doyle (1987), com modificações; quantificação do DNA por revelação em gel de agarose 1% sob luz ultravioleta no equipamento “MiniBis Pro” (BioAmerica Inc.) e análise no programa Imagej®; amplificação do DNA por Reação da Polimerase em Cadeia com 14 ‘primers’ ISSR; eletroforese dos produtos de PCR em gel de agarose 1,5 % e revelação no equipamento “MiniBis Pro” (BioAmerica Inc.). A partir dos dados reunidos pela análise de mais da metade das imagens geradas pela eletroforese do produto de PCR de cada primer, obtiveram-se 51 marcas polimórficas e 9 monomórficas e, além disso, pelos métodos UPGMA e Tocher, percebe-se uma tendência de agrupamento dos indivíduos genotipados em função dos grupos heteróticos CIMMYT e Piranão, assim como um sub-agrupamento em função dos diferentes ciclos de seleção recorrente. Espera-se que com a conclusão das análises, este agrupamento seja melhor visualizado, possibilitando a inferência a respeito da preservação ou acréscimo de variabilidade genética ao longo dos ciclos. Em adição, com base na quantidade de marcas polimórficas apresentadas é possível, preliminarmente, n
Publicado
15-04-2013