ESTUDO DAS REDES DE FLUXOS EM MEIO POROSO ATRAVÉS DE SIMULAÇÃO COMPUTACIONAL

  • Luisa Muylaert de Menezes Póvoa
  • Aldo Durand Farfán
Palavras-chave: Fluxo, Simulaçã, Permeabilidade

Resumo

O presente trabalho busca estudar a luz da mecânica dos solos e o comportamento das redes de fluxos em solos, através da simulação computacional no programa SEEP/W DEFINE. O estudo é muito importante porque ele intervém num grande número de problemas práticos de engenharia. O estudo das redes de fluxo foi feito baseado no problema de escavação do livro Obras de Terra – Curso Básico de Geotecnia, o autor Faiçal Massad.O problema consistia na colocação de uma bomba de recalque capaz de sugar a água do solo, constituído por Areia e Areia Siltosa, e assim manter o fundo da escavação seco. Diante do fato, foram feitas simulações no programa SEEP/W DEFINE alternando a posição dos materiais e retirando um dos materiais buscando entender a relação entre o índice de permeabilidade do solo com a facilidade da percolação da água. A princípio analisamos a rede de fluxo, utilizando um solo homogêneo formado apenas por Areia com índice de permeabilidade considerado alto. Em seguida usamos apenas Areia Siltosa com menor índice de permeabilidade. Para completar fizemos novas análises, usamos um solo heterogêneo constituído por Areia Siltosa que ficou na superfície superior e inferior, já a areia foi colocada na região central depois alternamos a posição de tais materiais. Fazendo uma analogia constatamos que a bomba suga uma maior quantidade de água da área do solo de alta permeabilidade. Constatamos que quanto mais poroso for um solo, maior será o índice de vazios e o índice de permeabilidade, logo maior facilidade da percolação da água no solo.Conclui-se que a simulação contribui para a elaboração de um modelo mais próximo da realidade e, portanto mais confiável quanto a resultado.
Publicado
17-04-2013