APLICAÇÃO DE PROTOCOLOS PRÁTICOS E ACOMPANHAMENTO DE AULAS EM LABORATÓRIOS COMO PROPOSTAS PARA MELHORIA DO ENSINO DE BIOLOGIA

  • Fernanda Silva de Souza
  • Laci Gonçalves Viana
  • Luiz Renato Maia Maciel
  • João Paulo Herthal
  • Renato Augusto da Matta
Palavras-chave: Laboratórios, Protocolos, Experimentos

Resumo

A ciência é essencial para o desenvolvimento do país, mas no Brasil este progresso não se reflete com rapidez no sistema educacional público deixando o ensino de ciências e biologia defasado. No intuito de melhorar o ensino, pretende-se aplicar protocolos de aulas práticas e verificar sua importância no aprendizado dos alunos. Para isto foram desenvolvidas práticas para tornar o ensino de ciências e biologia mais interessante, induzindo melhorias na educação científica dos alunos. Protocolos sobre conceitos de biologia celular foram selecionados e modificados tornando-se acessíveis e eficientes. Duas turmas do 1º ano do Ensino Médio do Colégio Estadual Benta Pereira estão participando do estudo. As classes foram divididas, de forma voluntária, em grupos controle (recebem apenas aulas teóricas) e piloto (realizam também os protocolos experimentais no laboratório da escola). As aulas práticas complementam o conteúdo teórico e ocorrem em horário extra-classe. O conhecimento prévio dos alunos foi aferido através de questionário inicial e ao término das aulas práticas será aplicado o questionário final comparando os dois grupos da pesquisa. A análise dos questionários iniciais mostra que, apesar de terem recebido aulas teóricas sobre os assuntos, a maioria dos alunos não soube responder as questões. Deixando claro que o conhecimento não foi totalmente sedimentado pelos alunos. Outro dado tem sido a frequência do grupo piloto nas aulas práticas. Em torno de 76% dos alunos têm demonstrado interesse, mas apenas 43% participam efetivamente do grupo. Portanto, existe ainda a necessidade de fomentar o interesse do aluno, fazendo com que eles percebam a importância dessa atividade. Além disso, espera-se que o grupo piloto tenha melhora no entendimento do conteúdo e que o laboratório da escola seja utilizado com eficiência. Dessa forma busca-se incentivar o uso de laboratórios e aproximar a escola estadual da UENF. Este projeto tem caráter científico e social, mostrando que o ensino teórico é muito mais eficiente e interessante se estiver acompanhado da prática experimental.
Publicado
19-04-2013