SIMULAÇÃO COMPUTACIONAL DE UMA CADEIA DE SUPRIMENTOS UTILIZANDO REMANUFATURA

  • Mateus Santana da Silva
  • Gudelia Morales
Palavras-chave: Otimização combinatória, Algoritmo branch-and-bound, Cadeia de suprimentos direta e reversa

Resumo

Considerando a cadeia de suprimentos direta e reversa de uma empresa de manufatura, foram resolvidos cenários de um modelo de programação linear inteira (PLI) que a representa. A cadeia produtiva modelada inclui a remanufatura, na qual a empresa deve providenciar centros de recuperação dos seus produtos. O trabalho foi motivado na Lei de Política Nacional de Resíduos Sólidos, que inclui a responsabilidade das indústrias e do comércio pelo descarte dos produtos usados pelos clientes. O modelo foi resolvido utilizando um software comercial, que tem implementado em sua biblioteca de códigos o algoritmo branch-and-cut, uma extensão do branch-and-bound. Ele resolve modelos de PLI puros e mistos de maneira rápida e eficiente. Resolveu-se um conjunto de exemplos com o objetivo de estudar os impactos na mudança de taxas de recuperação e o desempenho do modelo proposto considerando parâmetros que refletem um ambiente industrial. Este conjunto foi dividido em diferentes cenários, os quais possuíam dados diferentes em relação às distâncias – geradas aleatoriamente – entre as facilidades que compunham a cadeia de suprimentos e taxas crescentes de recuperação de produtos usados. Os cálculos mostraram diminuição nos custos totais de produção com a combinação de produtos novos e remanufaturados, além de decidir pela localização ótima das facilidades. A tendência de redução de custos vem com o aumento das taxas de retorno de produtos usados, a qual se mostrou predominante em todos os cenários construídos. Em relação ao desempenho do algoritmo utilizado, este mostrou-se muito eficiente e rápido na resolução dos cenários, considerando que em todos os casos se obteve a solução exata, o que quer dizer que pesquisaram-se todas as soluções viáveis selecionadas pelo algoritmo, no modelo, até encontrar a solução ótima. À medida que as taxas de retorno dos produtos usados aumentam, os custos totais do sistema se reduzem, embora se detecte um aumento no custo referente à abertura de novas facilidades. O resultado motivará o investimento na alternativa de remanufatura e na valorização do aumento da coleta seletiva.
Publicado
19-04-2013