ATIVIDADE DE HETEROPOLIÁCIDOS SOBRE FUNGOS E BACTÉRIAS DE IMPORTÂNCIA VETERINÁRIA

  • Cristiani Miranda David Gossani
  • Luciana da Silva Mathias
  • Luis César Passoni
  • Olney Vieira-da-Motta
Palavras-chave: Inibição, Micro-organismos, Heteropoliácidos

Resumo

Doenças fúngicas, causadas por S. schenckii e Candida spp, e doenças bacterianas causadas por S. aureus, E. coli e P. aeruginosa são conhecidas por causar doenças e infecções em animais de produção/estimação e em humanos. Anteriormente os heteropoliácidos mostraram eficácia na inibição do crescimento de micro-organismos, como vírus, bactérias e fungos. A resistência à drogas entre os microrganismos tem crescido no mundo e tais ocorrências suscitam novos estudos de princípios farmacológicos. A partir da fórmula genérica Hn[XM12O40], os átomos H, X e M foram substituídos e obtidos sais de HPAs. Os oxoânions Na2WO4.2H2O, Na2MoO4.2H2O, NaVO3.H2O, Na2SiO3.5H2O, Na2HPO4 foram utilizados nas reações para obtenção dos seguintes HPAS: Ag3[PMo12O40], Ag3[PW12O40], Ag4[SiW12O40] e Ag4[SiW10V2O40]. A caracterização dos HPAs foi realizada por espectroscopia do infravermelho. Contra S. schenckii, Candida spp., S. aureus, P. aeruginosa, E. coli testou-se em meios sólidos e líquidos, respectivamente pela técnica de difusão em agar e fotometria, a bioatividade dessas moléculas e obtidas curvas de crescimento microbiano. Os sinais obtidos por Espectroscopia de Infravermelho evidenciaram a formação de Ag3[PW12O40] e Ag4[SiW12O40]. Para a caracterização de Ag3[PMo12O40] e Ag4[SiMo12O40] a técnica utilizada não foi suficiente, estudos futuros serão realizados. Utilizando as técnicas de difusão em ágar e diluição em meio líquido, os agentes submetidos aos tratamentos com os HPAs (0,28µM) tiveram o crescimento inibido variando com a espécie. Efeitos significativos foram obtidos frente aos micro-organismos testados, apresentando maior efeito inibitório sobre as bactérias do que sobre os fungos. Os resultados mostraram potencial atividade antimicrobiana dos HPAs, com destaque para Ag3[PMo12O40], Ag3[PW12O40] e Ag4[SiW12O40] sobre S. aureus, P. aeruginosa e E. coli.
Publicado
19-04-2013