CARACTERIZAÇÃO DE SEDIMENTOS ESTUARINOS DO RIO PARAÍBA DO SUL, COM ÊNFASE EM METAIS TÓXICOS, POR MEV/EDS

  • Laís Rodrigues Barbosa
  • Martha Lima de Oliveira
  • Flávio Costa Miguens
  • Carlos Eduardo Veiga de Carvalho
Palavras-chave: MEV/EDS, Estuários, Metais tóxicos

Resumo

A bacia hidrográfica do Rio Paraíba do Sul é uma das mais importantes do Brasil; sendo altamente impactada por efluentes industriais, domésticos e do agronegócio. Isso altera o sedimento contribuindo para o processo geológico podendo gerar mudanças em áreas costeiras. A MEV/EDS permite a caracterização de sedimentos por apresentar funções analíticas com sensibilidade química e resolução espacial. O principal objetivo deste estudo é caracterizar sedimentos do RPS por MEV/EDS com ênfase em metais. A MEV/EDS de sedimentos recentes (? 3 cm de profundidade), coletados em 9 pontos do estuário do Rio Paraíba do Sul, foi realizada em sub-alíquotas de 100 µg de material particulado aderido em fita adesiva de carbono dupla-face sobre suportes de alumínio e cobertas com camada de carbono; sendo analisadas em Microscópio Eletrônico de Varredura ZEISS EVO 40 acoplado a sistema de microanálise IXFR com detector de Si/Li, operando a 25 KV, 1024 canais, resolução de 125 eV, a 8,5 mm de distância de trabalho, com correção ZAF. Imagens de elétrons secundários (SEi), elétrons retroespalhados (BSEi), espectros de composição elementar e mapas de distribuição de elementos compõem o estudo do sedimento. Os grãos do sedimento foram constituídos, predominantemente, de agregados amorfos e partículas. Sua heterogeneidade morfológica ocorre, provavelmente, devido ao intemperismo e aos processos de deposição-dissolução. Fragmentos biológicos foram encontrados. Ocorreu predominância de argilominerais, sendo aluminosilicatos com quantidades variáveis de Fe, Ti, Ca, K, Mg e outros cátions. Fe e Ti foram os metais não alcalinos mais comuns. A concentração relativa de metais variou drasticamente no sedimento. Cr, Mn, Cu, Zn, Zr, Ag, Ba, Au, Pb, Bi, La e Ce foram os elementos-traço detectados, usualmente, concentrados em uma estrutura. As atividades humanas têm alterado as características do sedimento do Rio Paraíba do Sul. A MEV/EDS foi estratégia eficiente para detecção e localização de metais-traço (poluentes) em grãos de sedimento; agregando novos metais tóxicos à lista dos previamente encontrados neste estuário.
Publicado
24-04-2013