AVALIAÇÃO DOS PARÂMETROS HEMATOLÓGICOS E BIOQUÍMICOS DE CÃES (CANIS FAMILIARIS) SUBMETIDOS À OXIGENAÇÃO EXTRACORPÓREA POR MEMBRANA

  • Bethânia do Amaral Falcão
  • Antônio Peixoto Albernaz
  • Alessandra Castello da Costa
  • Gisele Barreto da Silva
  • André Lacerda de Abreu Oliveira
Palavras-chave: ECMO, Insuficiência respiratória, Hematologia

Resumo

A oxigenação extracorpórea por membrana (ECMO) é uma técnica de suporte à vida quando os pulmões são incapazes de promover adequada hematose, como na insuficiência respiratória, que é uma condição comum em animais. Em humanos, a terapia intensiva não impede tal agravamento, causando até 71% de mortes. No entanto, a ECMO fornece ao organismo o tempo necessário para a sua recuperação, encontrando-se na medicina veterinária em fase inicial na Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro. Serão utilizados sete cães (Canis familiaris) da raça Beagle, todos adultos, machos ou fêmeas, pesando em média 12 kg e provenientes do Biotério da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Imediatamente após o início da ECMO, e a cada 30 minutos, até uma hora após o final dos experimentos, serão coletadas amostras sanguíneas venosas para a verificação de parâmetros de hemograma e bioquímica sérica (uréia sanguínea nitrogenada, creatinina, creatinoquinase (CK), fosfatase alcalina, alanina aminotransferase, tempo de protrombina e tempo de tromboplastina parcial ativada, proteínas totais e albumina) com o intuito de avaliar as alterações sanguíneas promovidas por esta técnica. Para o trata Os resultados serão analisados de forma a buscar entendimento a respeito do comportamento das variáveis durante a ECMO sem auxílio circulatório e serão expressos em média ± desvio padrão e as diferenças serão consideradas significativas se p<0,05 (95% de confiabilidade). Assim, acredita-se que estes resultados contribuirão para o aprimoramento desta terapia para que, em um futuro próximo, seja utilizada na medicina veterinária em cães com afecções pulmonares, como trauma, edema e outras doenças que comprometam a hematose, principalmente quando os demais tratamentos falharem. Desta forma, o projeto de pesquisa tem como objetivo avaliar, em cães, os parâmetros hematológicos e bioquímicos séricos antes, durante e após da ECMO, para contribuir na padronização e consequente aplicação desta técnica na Medicina Veterinária, visto ser considerada um método avançado de suporte à
Publicado
25-04-2013