DESENVOLVIMENTO PRELIMINAR DE FLUXOGRAMA DE PRODUÇÃO DO BIODIESEL USANDO O PROGRAMA COMPUTACIONAL ASPEN PLUS

  • Diego Oliveira André Pinheiro
  • Evelin de Jesus Barcelos Inocêncio
  • Samyra Imad da Silva Boeno
  • Diana Catalina Cubides Román
  • Victor Haber Pérez
Palavras-chave: Biodiesel, Glicerol, Diagrama de fluxo de processo

Resumo

Este trabalho teve como objetivo elaborar uma proposta de fluxograma de produção de biodiesel integrando o reuso do subproduto glicerol através de um simulador comercial (ASPEN®). O processo foi concebido a partir do emprego da glicerina, subproduto da produção dos ésteres etílicos (biodiesel), como fonte de carbono para a fermentação da Yarrowia lipolítica com vistas a sua utilização na produção de biodiesel pela rota enzimática, isto é, usando whole cells. A partir das informações experimentais foi desenvolvido um diagrama de fluxo do processo de produção de biodiesel integrando o reuso do glicerol resultante. Nesta proposta, foram consideradas todas as operações unitárias envolvidas no processo convencional, bem como, aquelas definas em novo processo de reaproveitamento do glicerol que prevêem basicamente usá-lo como substrato para processos fermentativos no crescimento de microorganismos de interesse. Neste contexto, são identificadas todas as correntes de alimentação, as unidades de operação, as correntes que interconectam as unidades da operação e finalmente as correntes de produtos, bem como, algumas condições de processo. Como matérias-primas usaram-se etanol, óleo de soja e células imobilizadas de Y. lipolítica como biocatalisador. Assim sendo, o biorreator é alimentado resultando em biodiesel e glicerina que são as correntes de saída. Um decantador separa as duas fases, a superior rica de etil ésteres (biodiesel) entra no neutralizador e posteriormente sofre uma etapa de lavagem para na sequência no evaporador retirar o etanol que estando em excesso é recuperado no processo e finalmente o biodiesel é purificado. Já a glicerina se usa como fonte de carbono para a fermentação que por sua vez resulta na produção do biocatalisador e assim se obtém um sistema fechado de reciclo. Esta é uma primeira alternativa de processo utilizando o subproduto glicerol para a produção de um biocatalisador que atua na própria reação de biodiesel. Os resultados são preliminares e estudos futuros devem incluir balanços de calor, massa e avaliação econômica da proposta.
Publicado
25-04-2013