ALDEAMENTOS INDÍGENAS NA BACIA DO BAIXO PARAÍBA DO SUL: A ALDEIA DE SANTO ANTÔNIO DE GUARULHOS.

  • Rafael Paes da Silva de Souza
  • Simonne Teixeira
Palavras-chave: História indígena, aldeamento, Guarulho

Resumo

Este trabalho tem como objetivo levantar informações, através da pesquisa de documentos históricos, sobre a Aldeia de Santo Antônio dos Guarulhos, um aldeamento indígena localizado onde hoje é o município de Campos dos Goytacazes.Tal pesquisa serve de subsídio ao trabalho realizado na Officina de Estudos do Patrimônio Cultural do Laboratório de Estudos do Espaço Antrópico – LEEA/UENF, que tem por objetivo reconstruir a história da ocupação indígena na região da bacia do baixo Paraíba do Sul. A análise de tais fontes documentais é fundamental a este estudo, pois são alguns dos poucos escritos referentes a esta Aldeia. Através deles buscamos entender a distribuição espacial do aldeamento e como esta foi afetada pela ação colonial. Como suporte científico, pesquisamos autores que analisaram o papel dos aldeamentos na colonização, como Freire & Malheiros (1997) que afirmam que o objetivo dos aldeamentos era concentrar índios para civilizá-los e discipliná-los pela fé, para que fossem integrados ao sistema colonial com força de trabalho. As informações obtidas sobre a Aldeia subsidiarão um quadro histórico sobre a história indígena local, feito em pesquisas anteriores pela Officina. A Aldeia surgiu por volta de 1660 para a catequese de índios por capuchinhos franceses, localizada na margem setentrional do rio Paraíba a 1 légua da Villa de São Salvador (hoje cidade de Campos dos Goytacazes). A partir de então, observa-se que o aldeamento passou à coordenação de padres italianos (1672) e, posteriormente, padres capuchinos portugueses ligados à Coroa (1699). A aldeia muda de localização algumas vezes ao longo do século XVIII, passando às margens do rio Muriaé (afluente do Paraíba), dali ao Sítio Tabatinga e deste, para o local conhecido como Laranjeiras. Por volta de 1760, a má administração permite a deserção dos índios dando abertura ao conseguinte fim do aldeamento. Mesmo que parte dos índios dispersos do aldeamento Guarulho tenha sido reagrupada num novo aldeamento fundado em 1779: a Aldeia de São Fidélis, localizada onde hoje é a cidade de São Fidélis, é notável a importância que o estudo tem na construção da identidade cultural do povo campista.
Publicado
13-05-2013