EFEITOS DE COMPOSTOS DERIVADOS DAS SEMICARBAZONAS SOBRE MULTIPLICAÇÃO DO TOXOPLASMA GONDII

  • Lais Pessanha de Carvalho
  • Marco Antônio Guimarães Barbosa Gomes
  • Edmilson José Maria
  • Edésio José Tenório de Melo
Palavras-chave: Toxoplasma gondii, Drogas, Tiosemicarbazonas

Resumo

Toxoplasma gondii, agente causador da toxoplasmose, é um parasita protozoário intracelular obrigatório capaz de infectar qualquer tipo de célula eucariótica. O principal tratamento da Toxoplasmose é uma combinação de pirimetamina e sulfonamidas. No entanto, esta combinação não é efetiva em eliminar o parasita intracelular e associa-se a severos efeitos colaterais. Nesse sentido, o desenvolvimento e o conhecimento da ação celular de novas drogas são fundamentais. Metodologia Culturas de células Vero foram infectadas com taquizoítos (5:1) por 24 horas. Os nove compostos utilizados foram sintetizados a partir da semi e tiosemicarbazonas que foram substituídas com grupamentos pollihiroxilados e polimetilados na posição arilhidrazona. Células Vero infectadas foram tratadas com os compostos (diluídos em DMSO) em várias concentrações (0.01; 0.1; 0.5; 1mM). Após 24 horas de tratamento, as células foram fixadas com Bouin e coradas com Giemsa para observação em microscopia óptica. Lamínulas foram quantificadas para determinação da citotoxicidade, do números de células infectadas e não infectadas e do número de parasitas por célula. Os nove compostos foram eficientes na interrupção da multiplicação do T. gondii,levando a uma eliminação do parasita. Esta ação anti-toxoplasma ocorreu em todas as concentrações testadas. A concentração de 1mM induziu maior citotoxicidade, exceto para os compostos 2 e 3. Já a concentração de 0,01mM não apresentou citotoxicidade para nenhum dos compostos testados. No entanto, na concentração de 0,01mM o composto 6 proporcionou maior queda na taxa de infecção (50%). Já o composto 8 levou a queda de 17,4% na infecção, mas induziu a maior redução de parasitas (82,6%) estando esses com morfologia alterada no interior celular. A eficiência dos compostos testados na diminuição da infecção e na eliminação de parasitas intracelular ocorre em função da variação do tipo de radical presente em cada composto.
Publicado
13-05-2013