ESTUDO EXPLORATÓRIO SOBRE A ESCOLARIZAÇÃO PRIMÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO (1834 - 1888)

  • Luma Vaz Mageste
  • Silvia Alicia Martinez
Palavras-chave: Instrução Primária, Período Imperial, Província do Rio de Janeiro

Resumo

A pesquisa visa fazer um estudo exploratório do processo de escolarização primária da Província e posteriormente no estado do Rio de Janeiro, focalizando mais aprofundadamente Campos e sua região de abrangência. Tem como objetivo a observação do aumento quantitativo da oferta pública deste nível de ensino e por fim analisar o aparecimento de novos sujeitos, como os diretores da escola e os inspetores de ensino. Para início de pesquisa fiz um estudo das referências teóricas, onde estudei autores que publicaram trabalhos sobre o Período Imperial para saber a decorrência dos fatos. As leituras bibliográficas me possibilitaram entender um pouco mais sobre a história, cultura e a educação anterior e posterior ao Período. Usei como campo de pesquisa o Arquivo Municipal de Campos. Na fase exploratória sobre a escolarização Primária na Província do Rio de Janeiro realizada a partir da leitura dos Relatórios de Presidentes da República, observou-se que existiam até o fim de 1861, 191 escolas públicas de instrução primária, sendo 119 do sexo masculino e 81 do feminino, além das escolas particulares. Não se explicita quais existiam na cidade de Campos. Não era considerado satisfatório o estado da instrução primária e secundária particular em 1859, pois nem todas as escolas eram visitadas por inspetores. Esperava-se, porém, que fosse melhorando progressivamente. Não se obteve nenhuma conclusão até o dado momento, pois a pesquisa ainda encontra-se em desenvolvimento.
Publicado
13-05-2013